Muita polícia em Foz Tua para proteger o colonato da EDP

P. Vaz

Durante toda a semana.
Para proteger as obras da barragem de Foz Tua de 100 campistas/manifestantes, o Estado português enviou, por obséquio, pelo menos 34 agentes da autoridade. Ontem juntaram-se dois cães…
Há assim tanto a esconder?

[Read more…]

ACTUA

A EDP já comprou todos os deputados lá em Lisboa?

Quem tem as mãos sujas de sangue?


Três trabalhadores morreram hoje soterrados durante a construção da Barragem de Foz Tua. Ao que parece, o acidente foi provocado por um deslizamento de terras.
É espantoso como, numa obra de milhões e milhões, ainda é possível que acidentes destes aconteçam. Claro, o que se gastou a besuntar as mãos de quem tinha poder e influência, para que a obra avançasse e não fosse interrompida, poupa-se agora em segurança.
Entretanto, três homens, certamente com mulher e filhos, deram a sua vida por um dos investimentos mais inúteis e ruinosos do nosso país nos últimos anos.
Quem tem hoje as mãos sujas de sangue?

Para a Sra. Ministra do Ambiente e para a EDP Filantropia

Sra. Ministra do Ambiente,

Porque não, não existe um paredão de 108 metros de altura na foz do Tua;

Porque os portugueses não têm mais 16 mil milhões de euros para subsidiar um Plano Nacional de Barragens hediondo, obscuro, assassino;

Porque os portugueses farão a justiça e a homenagem devida a quem nos “governa“.

Porque ainda há quem tenha vergonha na cara: acha que a EDP fará no Brasil aquilo que a deixam fazer em Portugal?

A conhecer: Movimento Gota de Água, Brasil.