O tempo

Sem tempo para…

Com tempo para…

 

 

 

 

 

“Tudo tem o seu tempo” (Eclesiastes: 3)

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    E no entanto por mais que sintamos o tempo e o queiramos celebrar, nunca o retemos e quantas vezes nele pensamos — e já passou – que aprendizagem difícil viver o momento

  2. Carlos Adelino da silva says:

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.