Confirma-se: a culpa foi da Nossa Senhora

Paulo Portas tinha razão. A culpa do naufrágio do Prestige não é dos homens.