E ninguém bombardeia estes terroristas?

Fez ontem 10 anos que a união de esforços de várias organizações terroristas resultou na maior crise financeira desde o Crash de 29. A 15 de Setembro de 2008, apesar dos triplos A atribuídos pelas agências fundamentalistas, o Lehman Brothers colapsou, com os efeitos que todos conhecemos. E, ao contrário daquilo que aconteceu com o Iraque ou Afeganistão, ninguém bombardeou as Al-Qaedas financeiras. Os terroristas assaltaram o planeta Terra, deixaram a Europa à beira de um ataque de nervos e à mercê da extrema-direita, e nada de relevante lhes aconteceu. Aliás, consta que, muito em breve, os mujahedines voltarão a dar o ar da sua graça. Foi pelo menos o que disseram estes talibans.

Comments

  1. J.V. says:

    “nada de relevante lhes aconteceu”
    O quê?! Foram todos severamente punidos e impedidos de voltar a meter as mãos na Finança!
    https://www.theguardian.com/business/2018/sep/11/lehman-brothers-collapse-where-are-the-key-figures-now

    • João Mendes says:

      Não me refiro aos caídos em desgraça do LB, quais Ricardos Salgados. Refiro-me a agências de rating e restantes piratas dos “bancos” de investimento. Entre outros, óbvios a meu ver.

  2. O modelo says:

    Os oráculos, ai os oráculos, a prever o imprevisível. É desta que conseguem. O modelo. O MODELO. As projecções, a alavancagem, o potencial, o research, o trading, as disrupções, a liquidez, a rendibilidade. A roupagem verbal está lá toda. É desta. É DESTA.

    E os papalvos a divulgá-lo.

    • Paulo Marques says:

      É natural que a economia como disciplina esteja muito mal vista, está cheia de charlatães que repetem os mantras e pouco mais para serem aceites na seita e sejam nomeados pelos colegas de avental, perdão, fato e gravata.
      Isso não quer dizer que seja tudo assim, há quem tenha lido e percebido Adam Smith, Marx e Keynes e não martele a matemática.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.