Isto assusta

Marcelo Rebelo de Sousa acrescentou ainda que promulgará a Lei que “cumpra os objetivos que acha fundamentais” ou vetará caso entenda que “não cumpre”. Isto não será ir longe no intervencionismo? Está à vista o que está em causa…

Comments

  1. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Marcelo não é diferente dos outros políticos que assume o poder pelo poder … e pela selfie.
    É, apenas um pouco mais do mesmo, “mais igual que os outros” como um qualquer personagem orweliano.
    Porventura o senhor julga-se num regime presidencialista e a cobertura que os jornais e televisão lhe dão e lhe deram durante anos a fio, faz dele uma pessoa que saiu da sua própria esfera de domínio e voga agora pelo espaço sideral.
    Esta frase, em linguagem corrente, chama-se “tiques”.
    Tiques de poder característicos das pessoas que se deslumbram e, quem sabe, saudades de um passado…
    Estou de acordo com a Ana: Está à vista o que pretende, um misto de protecção a certas classes e de poder pelo poder.
    Espanta que uma pessoa dita tão inteligente, deixe a máscara cair com tanta facilidade. Recomendam-se elásticos…

    • Ana Moreno says:

      “Porventura o senhor julga-se num regime presidencialista”, pois é isso mesmo que me parece, Ernesto. Aliás sempre receei que isso viesse a acontecer.
      Em jogo, as PPPs… Parece que há muitos brasileiros a quererem investir, não é?

      • Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

        São, de facto, cara Ana, as PPP’s.em particular e tudo o que se relaciona com o privado, em geral
        O que acho dramático é que essa figura não realize o mal que as PPP’s, de uma forma geral, causaram ao nosso país e ao povo.
        Há uma conclusão muito simples. Estes fulanos, tendo maior ou menor capacidade de argumentação, com mais selfie ou menos selfie, não passam de caixas de ressonância de um partido. Cai, pela base, a sua tão propalada independência política. E só faz o jogo do PS, porque o PS, infelizmente, pertence à constelação do PSD… É o que temos.


        • Desde o início deste reinado marcelista que vimos alertando :

          …” petit à petit l´oiseau Marcelô fait son nid ” !!!

          • Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

            Conheço suficientemente bem o seu passado para me não acreditar em reciclagens. Esta gente funciona como o camaleão, mas como não existem convicções, a máscara cai com facilidade.
            Mas preparemo-nos para mais uma maioria absoluta.
            É desta gente que o povo gosta…

          • Carlos Almeida says:

            Não se esqueçam de que falamos do filho do Ministro.
            Qual ministro, perguntarão os mais jovens.
            Do Baltasar e não é o dos Reis Magos

          • Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

            Lembro-me muito bem de ver desfiles em África presididos por Baltasar Rebelo de Sousa onde o “menino” Marcelo já equipava a rigor de branco trajando com o seu alvo chapéu colonial …
            De resto, há mesmo fotos para os mais cépticos …

            “Old loves die hard…” ou como diz o português “De pequenino se torce o pepino”

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.