Passada temporada das renas voadoras, já se sente no ar o cheiro a asfalto de um novo aeroporto.

Não notam? Ou é o cheiro a asfalto ou a dinheiro. Um deles.

Consta que haverá um novo acesso à Ponte Vasco da Gama. Na imagem ilustra-se a distância desde o novo aeroporto até à estação de metro mais próxima (Moscavide), no que poderá ser um possível trajecto para Lisboa.

Boas notícias para Setúbal, que passa a estar à mesma distância do aeroporto que Lisboa.

A propósito, como é que anda o tráfego aéreo de moscas em Beja?

Cobertura noticiosa:

Comments

  1. Rui Naldinho says:

    Durante dez anos assisti ao esgrimir de argumentos sobre a localização do novo aeroporto. Nunca ninguém estava de acordo. Falo, como é óbvio, dos “crânios” que debitam certezas.
    O lobismo fez o seu caminho, patrocinando sítios distintos, sempre em função dos seus interesses. O país, o verdadeiro, que se lixe.
    Não podia ser na Ota, por causa de uma montanha em frente. Não podia ser em Alcochete, porque era um deserto, ficava caro e era longe. Também havia espécimes em vias de mudarem de poiso.
    Não pode ser no Montijo, porque na zona ribeirinha há aves XPTO, e uma zona de nidificação. Enfim, há de tudo para todos os gostos. De uma coisa eu tenho a certeza. Os especuladores imobiliários não podem ficar prejudicados, sob pena de Lisboa se tornar uma cidade desinteressante. E isso é que “jamais”!
    O Partido Socialista tem uma particularidade. Quando se mete nestes eventos, normalmente faz merda. Borram-se por uns míseros tostões. Com excepção de Sócrates, claro. Tal como o PSD, que, noutro contexto, quando se mete nestes negócios, normalmente alambaza-se. Basta ver quem são os assessores da VINCI. E quem sabe, os administradores da empresa em Portugal.
    Moral da História:
    A concessão dos aeroportos nacionais pela VINCI, que já é dona da Ponte Vasco da Gama e da Ponte 25 de Abril, é de 50 anos. Vamos ver como vai ficar depois.
    Napoleão deve estar roído de inveja. O “burro” esqueceu-se de subornar a coroa portuguesa, e ceifou a vida de milhares de soldados franceses, de forma pouco inteligente.

  2. Anonimus says:

    I see Dolar signs!!!!!!


  3. Inevitável e urgente, insistem os que defendem os interesses da Vinci, incluindo o PM, outros membros do governo e alguns autarcas. Alegam consenso nacional e a inevitabilidade do crescimento turístico. Omitem a contestação (nacional e internacional) e desprezam o bem-estar e sustentabilidade das futuras gerações, dos restantes seres vivos e dos ecossistemas.
    Ficam mais algumas ligações:
    Artigo Jornal Mapa (ver tb comentários):
    http://www.jornalmapa.pt/2018/09/25/um-nao-ao-aeroporto-no-montijo/
    Plataforma Cívica Aeroporto BA6-Montijo Não!
    https://plataformacivicaba6nao.pt/
    Petição Rede para o Decrescimento:
    http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=trafegoaereo-nao
    Post meu:
    https://plus.google.com/u/0/108819449922021458274/posts/eszjz1ZXWEt
    Post Gaia/Lisboa:
    https://gaia.org.pt/2018/12/12/novo-aeroporto-de-lisboa-tudo-o-que-deves-saber/
    Plataforma internacional de contestação ao aumento do tráfego aéreo e de novas estruturas aeroportuárias:
    https://stay-grounded.org/

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.