Apurar responsabilidades na CGD

A Caixa Geral de Depósitos é um Banco de capitais públicos, ou seja, propriedade dos portugueses. Na hipótese de existirem lucros, os mesmos deveriam supostamente aliviar a carga fiscal, na hipótese de prejuízos o mesmo terá que ser suportado pelos contribuintes. Se no caso da Banca privada poderemos trocar argumentos sobre o que deve ou não ser o papel do Estado, na CGD a questão é claríssima.

Sabendo que cabe aos accionistas nomear e destituir administrações, respondendo estas perante os primeiros, que deliberam as orientações estratégicas, no caso da CGD, é pacífico que enquanto o capital for público, cabe ao governo nomear as administrações e traçar as grandes opções. [Read more…]

O PCP igual a si próprio…

Para o PCP apenas as ditaduras de direita são más. Não aprenderam com a História.

Nova ponte entre Porto e Gaia já começou a meter água

A nova travessia entre as cidades do Porto e Vila Nova de Gaia, anunciada com pompa, circunstância e a mais desbragada propaganda no passado mês de Abril de 2018, ainda não começou a ser construída e já se está a desfazer.

Baptizada com o santíssimo nome de um bispo, mas com o aspecto de uma espada de Darth Vader, a alucinante travessia fluvial prevista para ligar nenhum lugar a lugar nenhum, tinha, segundo os seus promotores, a sua conclusão prevista “num prazo de três a quatro anos e um custo de 12 milhões de euros” (ver notícia aqui).

Vem agora o autarca de Gaia, convencido de que está a falar para uma plateia de símios, afirmar à comunicação social que “cumprindo prazos e respeitando todos os estudos, é possível lançar o projeto de construção da Ponte D. António Francisco dos Santos em 2020 como previsto”.

Ou seja, a dita ponte, afinal, não estará pronta num prazo de três a quatro anos como afirmou em Abril de 2018. O “projecto” é que será lançado num prazo de quatro anos, em 2020. A conclusão da ponte propriamente dita, essa, estará assegurada lá para o dia de São Nunca à Tarde, tal, aliás, como a famosa Capela de Siza Vieira na Afurada, cujas obras deveriam ter sido iniciadas no Verão de 2016 e da qual, passados quase três anos, não se vê ainda uma única pedra. Isto, apesar de a Câmara de Gaia já ter pago 174 mil euros pelo projecto. 

Quem conhecesse minimamente as tácticas e os truques da Câmara de Gaia tinha percebido, já em Abril de 2018, que a “nova ponte” foi uma mera manobra de propaganda destinada a abafar notícias pouco abonatórias, expediente ao qual se resume, aliás, quase toda a gestão municipal, desde 2013. Gaia é, desde então, infelizmente para os gaienses, uma enorme junta de freguesia, totalmente subjugada às tácticas populistas e ao vazio democrático e político. O Partido Socialista pagará, mais tarde ou mais cedo, o preço deste tremendo erro de casting.

Demasiadamente Maduro, a cair de podre

V.jpg

Fotografia: Carlos Garcia Rawlins/Reuters

Demasiadamente Maduro, já a cair de podre, o presidente venezuelano enfrenta desde ontem uma insurreição popular, liderada por um jovem político, de seu nome Juan Guaidó. Escusado será perder grande tempo com longas discussões sobre se Guaidó avançou para esta iniciativa sem precedentes já com o apoio de Donald Trump garantido. É natural que assim tenha sido. Os norte-americanos nunca facilitaram quando o assunto é o seu quintal. [Read more…]

Crentes do Brasil

A loucura religiosa no Brasil tem produzido verdadeiras pérolas, alem de eleger políticos religiosos que enganam direitinho seu eleitorado.

Um motorista de onibus que faz SP-BH embarcou todos e entre contar os passageiro e checar banheiros etc nos deixou sem ar condicionado em plena tarde paulistana com calor de mais de 35 graus dentro do busão.

Em seguida, ainda sem ar ligado, veio distribuir panfleto de igreja. Quando chegou em mim: recusei.
Você não quer? Insistiu.
Não. Paguei para ser transportado não doutrinado.
Isso o irritou profundamente. Você não crê em Jesus?
Não interessa. Mas você poderia mostrar que é realmente cristão e ligar o ar pois estamos morrendo de calor. Silêncio no onibus e viagem começando com as bençãos de jah.

Hoje pela manha, no centro de BH, enquanto observava um homem “tipo surtar” cair no chão e depois se levantar como se nada tivesse acontecido, outro veio me perguntar se eu acreditava em milagres.

Respondi que sim. “Deixe Jesus operar um milagre em você hoje na igreja tal” disse-me.

Eu disse que ele já tinha operado. Me livrou de falsos que vem em nome dele, sou ex-crente.

Fim

%d bloggers like this: