A Democracia atacada de marcelite

No resumo das notícias de política nacional da RTP

Brasil. ARREPENDEI-VOS

Há 20 anos me tornei agnóstico pois comecei a identificar as mesmas características hipócritas e falsas em muitas religiões sobretudo as de origem abraamicas. Uma fé que se impunha pelo medo, poder e persuasão até de armas, não me parecia mais ser a verdade.

Passei toda minha infância e adolescência lendo a biblia. Inteira. Devo ter lido mais de 20 vezes. Deixei de lê-la. Mas até hoje lembro das passagens, de trechos sobre a estória de varios personagens. Quanto mais lia mais percebia que havia algo errado. Com quem Jesus andaria hoje?. A quem ele viria abraçar?

Não consigo mais conceber que um ser supremo tem como representantes pessoas cheias de crendices forjadas em preconceitos, odio, vingança e um entendimento do mundo exercidas com muito dinheiro, poder, meios de comunicação e mentiras.

Eu não acredito mais no sorriso e “bondades” cristãs, evangélicas, muçulmanas, judaicas e espiritas. E não é pelo que acontece somente aqui no Brasil. Onde as pessoas mais massacradas desde a colonização, continuam o sendo. Eu observo o mundo. Se os representantes dessas fé, tem o poder e promovem a perseguição e a doutrinação de um ódio que age pela extinção do outro, sobretudo ao diferente e diverso, não me parece ser resultante de uma sabedoria celestial.

Não usarei mais o termo “conservador” para me referir e essa corrente que tem dominado varias partes do mundo. Os chamarei de MEDIEVAIS. Época da humanidade onde as pessoas não iam a escolas, e sim a templos e igrejas após assistirem em praças publicas pessoas clamarem por suas vidas e serem assassinadas. São puro medo e ódio.

Estou a um passo de me tornar ateu.

Continuarei forjando minhas bases na educação humanistica. Onde encontrei a paz não por interesse ou medo de uma recompensa espiritual.

Refleti sobre tudo isso ao ir a padaria e no caminho um crente me entregar um folheto onde lia a primeira palavra: ARREPENDEI-VOS.
Devolvi com essa resposta: você precisa mais do que eu.

Bom domingo.

Os Filipes

Tiago Braga será o próximo presidente da Metro do Porto

Engenheiro Tiago Braga.

 

O próximo presidente do Conselho de Administração da Metro do Porto – no caso de o seu nome ser aprovado pela CRESAP – será o ex-chefe de gabinete do presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Tiago Braga, actualmente vogal do Conselho de Administração das Águas do Centro Litoral.
Tiago Braga é também presidente da Assembleia da União de Freguesias de Mafamude e Vilar do Paraíso (Gaia), cujo executivo é presidido pelo deputado João Paulo Correia.
É este o seu Curriculum Vitae.

Antes de rumar ao Conselho de Administração das Águas do Centro Litoral, o jovem quadro do PS Gaia esteve no Conselho de Administração dos STCP, facto que suscita – a quem suscita – uma questão: como foi resolvido aquele problema dos autocarros que não passam debaixo dos viadutos?

E, já agora, se também foi recebido na Maçonaria e em que Loja.