Rui Pinto, o denunciante do Luanda Leaks

Comunicado de Imprensa

Os advogados abaixo assinados declaram que o seu cliente, o Sr. Rui PINTO, assume a responsabilidade de ter entregue, no final de 2018, à Plataforma de Proteção de Denunciantes na África (PPLAAF), um disco rígido contendo todos os dados relacionados com as recentes revelações sobre a fortuna de Isabel DOS SANTOS, sua família e todos os indivíduos que podem estar envolvidos nas operações fraudulentas cometidas à custa do Estado angolano e, eventualmente, de outros países estrangeiros.
Rui PINTO procurou, assim, ajudar a entender operações complexas conduzidas com a cumplicidade de bancos e juristas que não só empobrecem o povo e o Estado de Angola, mas podem ter prejudicado seriamente os interesses de Portugal.
Rui PINTO esclarece que entregou este disco rígido, no cumprimento do que entende ser um dever de cidadania, e sem qualquer contrapartida, depois de tomar conhecimento das missões realizadas pela organização PPLAAF, permitindo que usassem os dados como entendessem.
Rui PINTO está satisfeito por ver que, graças ao intenso trabalho do consórcio de jornalistas ICIJ, todos os dados foram explorados, verificados, validados e, portanto, encabeçaram as revelações que necessariamente levarão à abertura de investigações criminais em muitos países, incluindo Portugal.
Está feita a prova de que, sem as imensas revelações de Luanda Leaks, tornadas possíveis graças ao nosso cliente, as autoridades reguladoras, policiais e judiciais nada teriam feito. Graças ao nosso cliente, os cidadãos portugueses e o mundo têm acesso à verdade de um extraordinário sistema de predação e corrupção, gravemente prejudicial para Portugal, Angola e outros países.
As decisões já tomadas pelo Banco de Portugal, PWC e outras que estão por vir demonstram a importância excepcional das revelações de Luanda Leaks. A responsabilidade das autoridades é agora agir e abrir as investigações necessárias – já abertas em Angola – e ao mesmo tempo recuperar elevadas somas de dinheiro, mas é preciso dizer que são as mesmas autoridades portuguesas que mantêm Rui Pinto na prisão há quase um ano, sob o pretexto de uma tentativa de extorsão, e que, até este momento, apenas pediram a sua colaboração com o exclusivo intuito de o autoincriminar.
O nosso cliente gostaria de lembrar que esta colaboração com o PPLAAF e o ICIJ está relacionada exclusivamente com a entrega deste disco rígido e que não prejudica a cooperação histórica que tem realizado com o consórcio European Investigative Collaborations (EIC) desde as primeiras revelações do Football Leaks.

William BOURDON & Francisco TEIXEIRA DA MOTA
27.01.2020

Comments

  1. jorge cruz says:

    está agora a querer safar-se, quando possivelmente o objectivo original era, também, extorquir dinheiro, como tinha feito em outras ocasiões.

    • POIS! says:

      Ora pois!

      O mesmo aconteceu com a Cinderela. O que ela queria era subir na vida. Por isso é que divulgou as vigarices que a Madrasta andava a fazer. Foi quando ela lhe disse que não havia massa para ir ao baile que tudo se precipitou. Aquilo dos passarinhos e da carroça foi tudo “fait divers”. O objetivo era outro,

      Isto anda tudo ligado!

  2. José Alberto Mar says:

    “(…) “Há dois pesos e duas medidas”, disse à Lusa Ana Gomes, considerando “completamente obsoleta a posição daqueles que no sistema judiciário [português] não querem querer conhecer a luta, que é serviço público, por parte de um denunciante que expõe criminalidade organizada”(…)” ( in, J.N. 27-01-2020. Citação de Ana Gomes). Em função de mais uma declaração esclarecida e corajosa de um político português – que , desde à muito,nem parece um ” político português – , ando um tanto apreensivo quanto à Medalha de Mérito, que – a seu tempo – o Sr. Rui Pinto irá merecer do Sr. Presidente da República de Portugal.

    • Dragartomaspouco says:

      ““(…) “Há dois pesos e duas medidas”, disse à Lusa Ana Gomes, ”

      O Pinto junior é um pequeno criminoso ao serviço do Pinto senior .

      A Ana Gomes igualmente ao serviço da causa portista

      • Paulo Marques says:

        Até diria mais, perto de Vieira e Santos, uma verdadeira ameaça à segurança nacional.

        • Dragartomaspouco says:

          É preciso ter paciência e esperar pelo resultado do papel do corticeiro nisto tudo.
          Estão à rasca !

          • Paulo Marques says:

            Eu ainda estou à esperado papel do JNPC; sempre era da maneira que deixava de abusar dos clube. Mas nem isso conseguem aldrabar.

        • E o burro sou eu ? says:

          “Rui Pinto, o denunciante do Luanda Leaks” de Ricardo Ferreira Pinto

          Não é preciso perceber muito destas coisas, como é o meu caso, , para chegar à conclusão certa.
          Poderiam ser mais discretos, mas com o fanático portista, na divulgação destas noticias (Ricardo Ferreira Pinto), é fácil chegar lá.

          • Paulo Marques says:

            Pois, o Vieira tem dinheiro para pagar todos, o PC só tem dinheiro para pagar a um bloggerzito. Tá mau, isto.

  3. Luís Neves says:

    O MP é uma organização criminosa.

  4. R SANTOS says:

    A esperteza de um mafioso !

  5. Tito Adriano says:

    Rui Pinto fez o que tinha a fazer. E bem. Só mesmo um daqueles adeptos benfiquistas, tipo troglodita – porque há boa gente entre os admiradores do Benfica, como este subscritor – poderia achar que Rui Pinto é um criminoso.
    Esperemos que quer em Angola, quer por cá, se faça Justiça e Isabel dos Santos e os seus lacaios portugueses sejam levados ao banco dos réus..
    Quanto ao MP não é uma organização criminosa. Talvez a SAD de um determinado clube futebolístico cá de Lisboa seja isso. Desde que se criaram as SAD que o futebol passou a cheira mal e a trilhar maus caminhos.
    Tito Adriano

    • Dragartomaspouco says:

      Da TVI

      “Miguel Sousa Tavares afirmou, esta segunda-feira, no Jornal das 8, da TVI que não consegue entender como é que Rui Pinto “está há quase um ano em prisão preventiva acusado de um crime ao qual cabe apenas a pena máxima de cinco anos”.

      Porque será que só vejo conhecidos e acérrimos apoiantes do FCP, defenderem o Pinto Junior.

      Só falta ver o Madureira, a Madame Reinalda e o Emplastro

      A propósito, eu não sou adepto do Benfica, sou só contra o crime organizado

      • Paulo Marques says:

        Não é adepto do 0lb, mas só vê crime organizado onde ele não existe invés do que está à vista de todos. Se calhar é por ainda quererem tentar receber o mesmo que tu é que mais ninguém diz nada.

      • Dragartomaspouco says:

        Peço desculpa mas esqueci-me deste cromo

        Diz o Manuel Surrão à TVI

        “Coronavírus: “Se calhar é mais uma coisa de que o Rui Pinto vai ser acusado”

        https://tvi24.iol.pt/videos/coronavirus-se-calhar-e-mais-uma-coisa-de-que-o-rui-pinto-vai-ser-acusado/5e2f6feb0cf2d5f7c67a4bb0

        A propósito de :

        “mas só vê crime organizado onde ele não existe invés do que está à vista de todos”

        Já se esqueceram todos do apito dourado e como a “Justiça” actuou para que o criminoso principal conseguisse escapar.

        E estava também tudo à vista de todos menos da “Justiça” .
        Claro, arranjaram um bode espiatório, o Boavista. Cloro que essa malta ainda gosta menos do “Crime organizado” do que eu.

    • Paulo Marques says:

      poderia achar que Rui Pinto é um criminoso.

      Nem tanto. Pode ser criminoso de leis desajustadas e de um disparate temporário, ao mesmo tempo com uma carrada de atenuantes éticas. A vida é complicada.
      Que quase nada da perseguição se justifica, lá isso é evidente, mas ninguém se mete com o capital.

    • Julio Cesar says:

      Escrita néscia. A latitude diz tudo.

  6. Luís Lavoura says:

    (1) Resta saber se aquilo que os advogados estão a dizer, que Rui Pinto é a fonte última (e única!) dos Luanda Leaks, é verdade ou não. Pode não ser.

    (2) Mesmo que Rui Pinto seja a fonte dos Luanda Leaks, isso não infirma que ele tenha cometido crimes e deva ser punido por eles. Os Luanda Leaks nada têm a ver com os crimes de que Rui Pinto é acusado.

    Parece claro que os advogados estão a querer arrastar o julgamento de Rui Pinto para a esfera política, sugerindo que, como ele denunciou os Luanda Leaks, o público deve apoiá-lo, ele é um tipo porreiro e só pode ser ilibado. Mas tudo isso não tem qualquer fundamento legal.

  7. Mr José Oliveira Oliveira says:

    Esta malta anda aqui a meter os pés pelas mãos e a dar força ao inimigo, o que é lamentável. Os factos principais são estes. Rui Pinto parece ter cometido alguns crimes? Seja. Mas a verdade é que os seus eventuais delitos são infinitesimamente menos graves que aqueles que ele denunciou. Querer meter tudo no mesmo saco, só favorece os grandes tubarões e, para esse peditório, eu não dou. Os antigos gostavam de matar o mensageiro das más notícias, esperando matar tb as notícias. Não conseguem. O Rui devia ser contratado pela PJ para agilizar as investigações, mas as cliques instaladas têm medo, muito medo. Porque será??????

    • César P.Sousa says:

      Quem tem medo de Virgínia Woolf ?
      PGR , Escritórios de advogados (PLMJ) , Presidentes dos clubes de futebol, Mexias,Bavas & Granadeiros, banqueiros e ex-ministros , empresários mamões (Motas,Mellos , etc.) Juizes e agentes da PJ,e um rol enorme de palhaços e prostitutas.
      Coitado do Rui Pinto !Com quem ele se foi meter.
      Então e o Tartufo de Belém não diz nada ?

    • Dragartomaspouco says:

      ” O Rui devia ser contratado pela PJ para agilizar as investigações”

      O Pinto junior não pode ter 2 contratantes, pois já foi contratado pelo Bimbo do Viagra

    • Paulo Marques says:

      Menos grave? Claro que não, meteu-se com o capital internacional e com a instituição; não há crime maior do que isso.

  8. Reininho says:

    Quando for revelada papelada do porto passa a ser mau!

  9. Carlos Almeida says:

    A pergunta que ponho é:

    Porque é que os documentos de Angola não foram revelados pelo Rui Pinto antes de ser preso na Hungria ?

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.