Parabéns presidente Frederico Varandas

Fui dos que pedi que antecipasses eleições, porque duvidei que tivesses competência para nos devolveres à glória. Torci o nariz quando apostaste na contratação de Ruben Amorim por 10 milhões de euros, uma exorbitância, que classifiquei como um all-in.
Contra tudo e quase todos, venceste. Vencemos! Porque o Sporting C.P. somos todos os que sentem a verde e branca ostentando o leão rampante no peito.
A primeira grande vitória da época foi recuperar o entusiasmo, a confiança dos adeptos, de que a época nos poderia trazer algo. E nem começámos bem, eliminados na pré-eliminatória da Liga Europa. A precoce eliminação na taça de Portugal também não ajudou, mas jogo a jogo, fomos somando pontos no campeonato e hoje somos Campeões Nacionais.
Obrigado presidente, por não teres desistido, quando muitos te pedimos que o fizesses. Mas não ganhaste sozinho, ninguém ganha sem uma equipa, obrigado a todos os profissionais que compõem a estrutura da equipa de futebol profissional. Permito-me destacar o mister Ruben Amorim, confesso adepto de clube rival, mas um profissional competente, que conquistou o nosso respeito e admiração e seguramente ocupará um lugar na História centenária deste clube que amamos e pelo qual sofremos.
Há muito trabalho pela frente, mas sobre o futuro, voltaremos a falar brevemente, mas não agora, hoje é tempo de celebrar esta importante conquista. Ninguém verga um leão, onde foi um, fomos todos e juntos, chegámos ao título. Força Sporting!!!

Comments

  1. Paulo Marques says:

    Parabéns ao VAR.

  2. Filipe Bastos says:

    A última vez que liguei ligeiramente à bola foi talvez quando o Sporting ganhou o título em 99/00. Foi pela novidade: após passar a juventude a ver derrotas, ganhar era uma experiência estranha.

    Em 01/02 ganharam outra vez, com o Jardel e o João Pinto, mas só me lembro de pensar: como pode esta gente lamber o rabo a estes dois mercenários, estes mamões vira-casacas que ainda há pouco os enxovalhavam? Que carneirada é esta?

    Vinte anos depois, a alegria do lagarto António de Almeida e a azia do tripeiro Paulo traz de volta essa estranheza: o Sporting a ganhar! É o mundo ao contrário. O carneirismo continua igual.

    • Paulo Marques says:

      Azia foi em Fevereiro, com 3 ou 4 arbitragens de catedral em que se percebeu que estava decido. Situação que não mudou, e o beneficiário da altura agora decidiu piar sem ninguém lhes ligar. Azarito, a seguir vão a Oeiras perder tempo.

  3. Ricardo Pinto says:

    Parabéns ao Sporting e a ti em particular, António. Foi justíssimo.
    Só não concordo no que diz respeito ao Frederico Varandas. Sou da opinião de que o Sporting ganhou apesar dele. Da mesma forma que o FC Porto ganhou os últimos dois apesar do Pinto da Costa.

    • António de Almeida says:

      Obrigado pelos parabéns, Ricardo.
      Frederico Varandas não teve estado de graça, em grande parte por culpa própria. A sua comunicação foi um desastre quase desde a primeira hora após a eleição. Antes de ser eleito, apoiado na LPM, a conversa era outra e elevou as expectativas.
      Mas a verdade é que durante a época passada, o cenário de antecipação de eleições esteve em cima da mesa, Frederico Varandas arriscou contratar Ruben Amorim, uma loucura dar 10ME por um treinador com 10 jogos no CV na I liga, antes só tinha treinado o Casa Pia.
      A maioria dos sportinguistas, entre os quais me incluo, considerámos um all-in, dado o elevadíssimo risco. Para o bem ou para o mal, F. Varandas colocou a cabeça no cepo, se fosse hoje a eleições, esmagaria qualquer concorrente.
      Obviamente que todos os que gostamos de futebol, sabemos que tudo poderá mudar, quando a bola voltar a rolar na próxima época.
      Mas o trabalho de F. Varandas começa a dar frutos.

  4. Luís Lavoura says:

    a contratação de Ruben Amorim por 10 milhões de euros, uma exorbitância

    O meu filho, que presta mais atenção ao futebol do que eu, diz que o Sporting nunca chegou a pagar essa quantia, ficou a dever. É verdade?

    • António de Almeida says:

      Porque o Braga assim o permitiu, o pagamento foi renegociado. Será pago de forma faseada. Após a renegociação, António Salvador, antes do último jogo, admitiu que o acordo está a ser cumprido. Os prazos não foram tornados públicos.
      No futebol, praticamente nenhuma transferência é paga de imediato.

    • Paulo Marques says:

      Nunca ninguém paga o que é público na contabilidade criativa da máfia (que é o futebol em geral, não o Sporting em particular).

  5. POIS! says:

    Pois dez muito bem!

    Em criticar a exorbitância da contratação do treinador. 10 milhões é muito dinheiro!

    Principalmente atendendo ao nível de desemprego que grassa por Palmela desde que a Autoeuropa, depois de várias semanas de greves, umas selvagens outras ainda piores, se ter deslocalizado sorrateiramente para as Filipinas, onde se passou a produzir um novo modelo, o DutertEos, que é um carro tão caro, tão caro, que o Bezos teve de pedir crédito ao Musk para conseguir comprar um a prestações.

    Quantas famílias não poderiam ter sido alimentadas com esses 10 milhões? Que se lixe a taça! Quando penso nisto fico tão comovido e choroso que desato a chorar de comoção.

  6. POIS! says:

    Errata: na primeira linha é “fez” e não “dez”. Fugiu-me a tecla para os milhões.