Selminh… O simplório

Fotografia: Lucília Monteiro

Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, disse em tribunal que, no caso Selminho, foi “incauto”.

Para os mais distraídos:

in·cau·to
(latim incautus, -a, -um)
adjectivo
1. Que não tem cautela ou prudência. = DESPREVENIDO, IMPRUDENTE ≠ CAUTO, CAUTELOSO
2. Que é inocente e sem malícia. = CRENTE, INGÉNUO

Eu também sou “incauto” quando fico com a última fatia de bolo do prato. Nunca me aconteceu ser incauto para beneficiar a minha família em negócios imobiliários enquanto presidente de um município.

Cada um com a ingenuidade que lhe é característica…

Comments

  1. António Claro says:

    E já repararam que a C.Social reproduz e aceita por completo essa justificação?
    Imagine-se o “gozo” que não seria se essa justificação tivesse sido dada por outras figuras, p.ex., José Sócrates, Armando Vara, etc. i.e. gente próxima do P.S.
    Bom, depois da personagem ter o despudor de trazer para a baila a figura de Azeredo Lopes, está tudo dito sobre o seu caracter.

    • Rui Naldinho says:

      Meu caro, desde que vi o ensurdecedor silêncio da CS sobre a fuga de Rendeiro, fiquei esclarecido.
      Oliveira e Costa faliu um banco que custou aos contribuintes 3,6 mil milhões de euros. Sobre isso é a sua condenação arrastada no tempo, e o nunca cumprimento da pena, pouco ou nada se disse. Já o facto de Armando Vara, condenado a 5 anos, ter saído mais cedo, não faltaram articulistas e comentadores a “arrotar postas de pescada”.
      A nossa CS é um esgoto.

    • João L Maio says:

      De acordo, António Claro.

      Enquanto isso, há uns quantos iluminados a acender a velinha do “a nossa CS é de esquerda”. Iluminados das trevas.

    • Filipe Bastos says:

      Já cá faltava o choradinho do Partido da Sucata.

      Claro, Naldinho, Maio: tudo que se disse do pulha Vara é pouco. Só nesta esterqueira em forma de país o Vara andaria hoje à solta. Só nesta partidocracia em forma de bordel teria ainda casa para onde voltar; ou carro, ou conta bancária, ou cuecas.

      A impunidade dos mamões da finança é ainda maior? De acordo. Mas uma coisa não invalida a outra. A máfia chamada PS deve ser denunciada todos os dias. Não há maior máfia no país.

  2. Tal & Qual says:

    O Cavacório, também não se lembra da escritura da casa …
    Que ricas prendas que nos governam,

  3. JgMenos says:

    Vai-se mais depressa para a cadeia por assinar um papel, sem daí derivar proveito, do que roubar milhões não tendo de dizer donde lhe advieram!

    Isto significa que menos que provar ganhos e perdas, na terra de burocratas manda o papelinho.

    • POIS! says:

      Pois só haverá uma solução!

      È legislar no sentido de obrigar os ladrões a registar o saque. Aí tinham de assinar um papel e iam para a cadeia.

      É propor isso ao Venturoso Enviado que ele está recetivo.

    • Paulo Marques says:

      Portanto, o erro de Vara e Sócrates foi não terem pedido o dinheiro numa conta da Suíça, a lavar num RERT. Ficamos esclarecidos.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.