Maria Luís Albuquerque, a ‘swinger’ dos ‘swaps’

Jornal de Negócios de 29--04-2013

Jornal de Negócios de 29–04-2013

Vá lá saber-se por que razão. Reminiscências de infância?  Resíduos de subconsciência? Ignoro o motivo. Sei que cada vez que me deparei com a figura de Maria Luís Albuquerque em declarações, discursos ou debates na TV, é infalível equipará-la à pureza de imagem da noviça Maria (Julie Andrews) em ‘Musica no Coração’.

A comparação é mero fruto de incontrolado sentimento. De facto, colocando os óculos a preceito e observando em pormenor, a noviça Secretária de Estado, do cariz purificado e credível, apenas tem ilusório aspecto. O lenço bem alinhado ao pescoço favorece-a na imaculada imagem. Distanciando-se das poses e do estilo ‘négligé de Saint Germain de Pres’ dos extensos cachecóis da Teresa Leal Coelho, a jantar, por hipótese, na Cervejaria Lipp com Carla Bruni e demais amigas da sociedade ‘snob’ parisiense. [Read more…]

Senhor Primeiro-Ministro, V.Exa. é psicótico

Senhor Primeiro- Ministro, como imaginará, comparado com Alexandre Soares dos Santos, sou pobre, mesmo muito pobre. Sinceramente, ao ler esta sua teoria, tenho dúvidas se, uma vez destituído de fortuna, já me é permitido chamar-lhe mentiroso. Isto, a despeito de julgar certo e provado de que o é mesmo.

Por via das dúvidas e longe de mim ferir a sua fina sensibilidade, abandono a teoria da relação entre a materialidade do património e a habilitação para chamar mentiroso a alguém que o é, de facto. Uso uma alternativa. Talvez, até mais rigorosa e ajustada ao tipo de personalidade que o Senhor Primeiro-Ministro revela: “V.Exa. é psicótico”. Eis uma definição de psicose:

Psicose é um quadro psicopatológico clássico, reconhecido pela psiquiatria, pela psicologia clínica e pela psicanálise como um estado psíquico no qual se verifica certa “perda de contato com a realidade”. Nos períodos de crises mais intensas podem ocorrer (variando de caso a caso) alucinações ou delírios, desorganização psíquica que inclua pensamento desorganizado e/ou paranóide, acentuada inquietude psicomotora, sensações de angústia intensa e opressão, e insônia severa.  

 Rogo-lhe, Senhor Primeiro-Ministro, que encare as minhas palavras apenas como mero contributo para eventual diagnóstico clínico. Sim, porque eu e milhões de concidadãos, estamos muito empenhados em tratar da saúde a V.Exa., como político da nação.