Senhor Primeiro-Ministro, V.Exa. é psicótico

Senhor Primeiro- Ministro, como imaginará, comparado com Alexandre Soares dos Santos, sou pobre, mesmo muito pobre. Sinceramente, ao ler esta sua teoria, tenho dúvidas se, uma vez destituído de fortuna, já me é permitido chamar-lhe mentiroso. Isto, a despeito de julgar certo e provado de que o é mesmo.

Por via das dúvidas e longe de mim ferir a sua fina sensibilidade, abandono a teoria da relação entre a materialidade do património e a habilitação para chamar mentiroso a alguém que o é, de facto. Uso uma alternativa. Talvez, até mais rigorosa e ajustada ao tipo de personalidade que o Senhor Primeiro-Ministro revela: “V.Exa. é psicótico”. Eis uma definição de psicose:

Psicose é um quadro psicopatológico clássico, reconhecido pela psiquiatria, pela psicologia clínica e pela psicanálise como um estado psíquico no qual se verifica certa “perda de contato com a realidade”. Nos períodos de crises mais intensas podem ocorrer (variando de caso a caso) alucinações ou delírios, desorganização psíquica que inclua pensamento desorganizado e/ou paranóide, acentuada inquietude psicomotora, sensações de angústia intensa e opressão, e insônia severa.  

 Rogo-lhe, Senhor Primeiro-Ministro, que encare as minhas palavras apenas como mero contributo para eventual diagnóstico clínico. Sim, porque eu e milhões de concidadãos, estamos muito empenhados em tratar da saúde a V.Exa., como político da nação.

Comments


  1. Excelente!

Trackbacks


  1. […] Sei desde longa data o que foi Sócrates, que Cavaco não demitiu. Tive o privilégio de nunca ter sido  seu apoiante ou votante. Ao contrário, fui crítico, aqui por exemplo. […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.