FutAventar – como o destino…

A equipa portuguesa na primeira vez que jogou com uma selecção do seu nível e ambas tinham que ganhar, perdeu! Tão simples quanto isto!

O defesa direito era um defesa central adaptado, a vigiar o melhor avançado espanhol? O médio mais recuado não jogava há seis meses , tinha sessenta minutos nas pernas, não tinha rotina nem ritmo? O melhor do mundo não jogou nada? O avançado centro foi substituído por um jovem que corre muito mas não acerta na baliza? O médio ala não se viu? O “10” que sabe inventar espaços não jogou por se ter zangado com o treinador?

Pois foi por essas razões todas, eles são melhores, jogaram melhor, se não fosse o guarda redes, tínhamos levado três ou quatro, que nem espinhas, o resto é mau perder ou não saber ver a bola. O Professor falha no banco, não tem a pontinha de sorte, ou a centelha que leva uns a ganhar e outros a perder? Mais uma razão para não termos passado da fasquia que é a nossa. Oitavos de final, já viram se em vez da Espanha é o Chile podíamos estar nos quartos de final?

Sem ler nem escrever! Agora o melhor é arranjar uma equipa favorita e continuar a ver e a divertir!

Só para quem gosta!

O querido líder não gostou!

O seleccionador da Coreia do Norte tinha deixado em conferência de imprensa a sua vontade e a de todos os jogadores em ofercer a vitória ao querido líder. Sabemos que quem desagrada ao querido líder pode ter um problema grave às costas, desaparecer, ir para a prisão…

Não responde a perguntas políticas, um dos jornalistas perguntou-lhe quem é que escolhia a equipa, se ele, seleccionador, se o querido líder. Respondeu o senhor da FIFA, pergunta política, passa! Não reconhecer a existencia da Coreia do Sul é outra táctica, não futebolística, mas política.

E, depois, perder com uma equipa que ninguem conhece como o Brasil tambem não abona nada os perdedores que terão muitas explicações a dar ao querido líder ou então à família que está toda bem colocada no aparelho do Estado Norte Coreano!

Serão os mesmos, os jogadores que vão entrar contra este Portugal triste e medroso? Se os Coreanos perderem, acho que o melhor mesmo é nem pensarem voltar para perto das garras do querido líder!

FUTAventar – Paulo Bento demitiu-se

O que preocupa neste Sporting é que depois de quatro anos como a mesma equipa técnica e com a maioria dos jogadores a jogarem juntos, não tenha uma equipa sólida .

 

Se durante aqueles quatro anos nada tivesse ganho mas agora tivesse uma boa equipa percebia-se. Assim, francamente, não se percebe.

 

Jogador após jogador adquirido, com raríssimas excepções, não mostram capacidade para se imporem, numa política de compras incompreensível. Grimi é um exemplo pela negativa que brada aos céus, custou quatro milhões de euros e mostra-se um jogador medíocre.

 

Um muito bom jogador para a defesa e outro para o meio campo é o mínimo exigido.