Casa Bronca

Então estamos assim: Rex Tillerson, Secretário de Estado dos EUA, diz que devem iniciar-se negociações com a Coreia do Norte sobre a questão nuclear sem por em causa o regime. O manda-chuva da CIA, pelo seu lado, diz que a questão do regime tem de estar em cima da mesa. Trump, com a habitual subtileza estratégica, está-se nas tintas para complicações e diz que põe aquilo tudo a ferro e fogo. Às vezes – cada vez mais vezes…- não têm alguma saudade dos tempos em que o imperialismo tinha alguma racionalidade – uma racionalidade cruel, criminosa, sim, mas inteligível ?…

Resumidamente…

O acidente genético humanóide que governa a Coreia do Norte está a tornar-se no maior aliado do alienado que governa os EUA. Kim versus Donald, alimentando-se mutuamente de delírio: milhões de anos de evolução para chegarmos a isto!

Confusão no Paralelo

O Kim anda para lá maluco, a disparar mísseis para o mar, atreveu-se mesmo a disparar um que atingiu águas japonesas, e a malta fica toda extasiada, a ver se é desta. Mas ainda não foi. Provavelmente nunca será e, a ser, será muito provavelmente interceptado pelo sistema de defesa norte-americano. O Kim é uma besta, todos sabemos, mas não quererá perder a sua casa dos horrores, para poder continuar a brincar aos ditadores lá dentro, uma vez que cá fora não é ninguém. Atacar o vizinho do sul, o Japão ou os EUA colocará um ponto final na brincadeira, e o Kim não quer apodrecer numa prisão ou ter o mesmo destino de Saddam ou Khadafi. São tiros de pólvora seca, para incendiar as multidões em comícios do partido do Kim e dos amigos dele. [Read more…]

Pyongyang na vanguarda da tecnologia

Depois do alerta vermelho provocado pelo teste da primeira bomba H, a Coreia do Norte volta a provar que está na vanguarda da tecnologia com o anúncio da criação de uma bebida alcoólica que não provoca ressaca. Um dia destes damos por ela e já colonizaram Marte, os estupores!

O Bloco e os cobardes

ANGOLA ACTIVISTS TRIAL

O Bloco de Esquerda apresentou hoje, na Assembleia da República, um voto de condenação à repressão em Angola, exigindo a libertação dos activistas detidos pelo regime opressor liderado pelo carniceiro Eduardo dos Santos. O PCP uniu-se à direita para o chumbar.

Como era de esperar, PSD e CDS-PP votaram contra a iniciativa bloquista. Não admira tendo em conta o passado de relações vassalas do anterior governo com a ditadura angolana, com tantos e tão humilhantes episódios que terminaram com o governo português curvado e de rabo para o ar, perante a hegemonia dos oligarcas de Luanda. Rui Machete que o diga! [Read more…]

Alerta Vermelho

KJU

A imprensa de todo o mundo noticia hoje alegados testes do regime norte-coreano com o que se pensa ser a primeira bomba de hidrogénio produzida por Pyongyang. No comunicado lido pela televisão estatal pode ler-se:

O primeiro teste com bomba de hidrogénio da República foi realizado com sucesso às 10h do dia 6 de janeiro, baseado na determinação estratégica do Partido dos Trabalhadores.

A actividade sismica detectada por diferentes centros de monitorização parece confirmar as notícias e o regime não perdeu a oportunidade para enviar avisos à comunidade internacional: o reforço da capacidade militar/nuclear do exército norte-coreano é para continuar e intensificar. Resta saber, a confirmar-se a posse desta arma, se a Coreia do Norte irá usá-la contra civis desprotegidos e inocentes de um qualquer país militarmente vergado como aconteceu com o Japão em Agosto de 1945. Estados opressores e imperialistas tendem a comportar-se da mesma maneira.

Tenham medo

semi-deus norte-coreano está armado até aos dentes.

O semi-deus norte-coreano

Aprendeu a andar às 3 semanas, a falar às 8, a conduzir aos 3 anos, ganhou uma competição naval aos 9 e escreveu cerca de 1500 livros em 3 anos. Não satisfeito, Kim Jong-un acaba de escalar o monte mais alto do seu reino. Uau!

Bem Vindos a Pyongyang

Enter Pyongyang from JT Singh on Vimeo.

WARNING!!!

Os Kims andam a disparar misseis para água. Vai ser desta que acontece absolutamente nada.

A lição do Eusébio

Ainda sou do tempo em que vi jogar o Eusébio, essa ruptura geracional que ontem dividiu a pátria. Uns viram, outros não, e quem não viu não percebe, olham para o homem como se fosse um Ronaldo em versão cota, no tempo em que o futebol era fácil e não prestava para nada.
1966-portugal-x-coréia-do-norte

Nessas duas ou três vezes a Académica perdeu, o que somado ao enxovalho na escola em Benfica, conimbricense exilado e isolado perante a turba de alfacinhas,  não são exactamente boas recordações. Mas a esses jogos, semente do meu anti-benfiquismo primário, não tinha ido só pelo meu clube numa das suas três visitas anuais mas também para ver jogar o Eusébio, esta parte toda a gente percebe, o Futre e o Figo também conseguiram que os putos os quisessem ver jogar mais do que uma vez por ano na televisão, em diferido.

Porque antes há o jogo da Coreia. Tinha seis anos, é o primeiro jogo que me lembro de ver, o nosso primeiro campeonato do mundo, o único com Eusébio.

O jogo da Coreia ensinou-me umas coisas. [Read more…]

Portugal envia submarinos, Relvas, Sócrates e Bernardino Soares para a Coreia do Norte

A notícia foi dada com grande destaque na televisão norte-coreana.

O Breivik de Pyongyang

O Querido Sucessor, pela voz de uma bastante iracunda leitora de telejornais, anunciou que a Coreia do Norte vai desenvolver “acções especiais” contra o Chefe de Estado da Coreia do Sul. Mais acrescenta o pormenor da duração das ditas acções que não deverão ultrapassar os “três ou quatro minutos, obedecendo a métodos peculiares ao estilo zuche“. Ficamos na incógnita. O que quererá dizer o camarada Kim? Talvez fosse melhor questionarmos o admirador Bernardino Soares, perito na matéria.

Calcula-se…

Notícias do dia: uma para o governo, outra para o PC


Uma boa nova para o Governo: no processo de extinção de freguesias, houve quem se lembrasse daquele velho princípio “para grandes males, grandes remédios”, colocando uma botija de gás junto ao multibanco de uma Junta de Freguesia em Palmela. Foi tudo pelos ares. Resultado? Freguesia extinta, sem papelada que preste para mais alguma coisa. Fica então resolvido um assunto e agora urge proceder à anexação a uma freguesia vizinha. Simples e eficaz. Talvez a moda pegue país fora.
Uma notícia dirigida ao camarada Bernardino Soares. Naquela absolutamente democrática Coreia do Norte, o Exército Popular passa a partir de agora a incorporar aqueles recrutas que meçam mais de 1,42m. Desta forma, as Viagens de Gulliver tornam-se realidade e espera-se a todo o momento a consagração de Jonathan Swift, como fonte de inspiração para o regime de Piong-Iang. Claro que os nefandos imperialistas já fazem passar a mediática atoarda falando de “raquitismo e fome” que gerações de norte-coreanos alegadamente passam. São tudo manobras divisionistas que apenas visam confrontar a ridente sociedade zuche com o esmagador despautério consumista da Coreia do Sul. Uns safados, estes plutocratas.
*Na imagem, um turista ocidental de visita à Coreia do Norte.

Querido Líder

Song Byeok

Por Song Byeok

O vanguardismo do costume

Há 6 milhões de pessoas em risco de morrer de fome e 200 mil em campos de trabalho, diz HRW

Não foi á toa que o PCP já se adiantou e cedo começou a distribuir condolências.

KIM JONG-IL olhando para as coisas

Um fotoblogue onde o olhar penetra a descoisificação do real, transcendendo-se na construção do socialismo pós-feudal.

Uma viagem ao coração, fígado e pulmões da República Popular Democrática de Coreia Chosŏn Minjujuŭi Inmin Konghwaguk, conhecida informalmente por Coreia do Norte.

the dear leader likes to look at things.
updated every other day and sometimes on the weekends too

O regresso a casa da selecção da Coreia do Norte

É espantoso como a notícia ainda não chegou aos jornais portugueses (algum peso de consciência pelo 7-0?), e já anda por aí revista e aumentada, tanto em jornais espanhóis e italianos, como em blogues portugueses.

Segundo a Radio Free Asia (que não será exactamente uma fonte de confiança, antes aquilo que na gíria se chamava uma rádio da CIA) os jogadores norte-coreanos levaram com uma sessão de critica e auto-crítica de 6 horas mal chegaram a casa.

Como a Coreia do Norte vive num regime derivado ideologicamente do maoísmo parece-me perfeitamente credível. E com alguma experiência no assunto asseguro que 6 horas em crítica / auto-crítica dói, não é pouco e não é nas pernas.

Entretanto El País e La Repubblica já meteram o treinador em trabalhos forçados e transformaram uma cerimónia da religião oficial do estado norte-coreano em algo de mais exagerado. O verão quando nasce é para os jornais todos. Como curiosamente no Brasil (onde não é verão) alguns jornais citaram a notícia original correctamente, resta-me a curiosidade de ver  como ela cá chega.

A maneira mais parva de combater uma ditadura é mentir sobre ela. A verdade chega perfeitamente.

Por-Tu-Gal ! 7개 0

Fiz um interregno nas minhas preocupações e fui ver o jogo na televisão.

Neste meu interregno resolvi escrever sobre ele (o jogo).

Escrever pouco, para não cansar quem me quiser ler.

Assim: [Read more…]

O querido líder não gostou!

O seleccionador da Coreia do Norte tinha deixado em conferência de imprensa a sua vontade e a de todos os jogadores em ofercer a vitória ao querido líder. Sabemos que quem desagrada ao querido líder pode ter um problema grave às costas, desaparecer, ir para a prisão…

Não responde a perguntas políticas, um dos jornalistas perguntou-lhe quem é que escolhia a equipa, se ele, seleccionador, se o querido líder. Respondeu o senhor da FIFA, pergunta política, passa! Não reconhecer a existencia da Coreia do Sul é outra táctica, não futebolística, mas política.

E, depois, perder com uma equipa que ninguem conhece como o Brasil tambem não abona nada os perdedores que terão muitas explicações a dar ao querido líder ou então à família que está toda bem colocada no aparelho do Estado Norte Coreano!

Serão os mesmos, os jogadores que vão entrar contra este Portugal triste e medroso? Se os Coreanos perderem, acho que o melhor mesmo é nem pensarem voltar para perto das garras do querido líder!