Vídeo pornográfico atrapalha trânsito

Era o fim de um dia normal, igual aos outros. Igor Ivanovich saiu tarde do trabalho e dirigia-se para casa. Em Moscovo, nesta época do ano, a noite cai cedo, Igor faz o mesmo percurso cinco vezes por semana.  À entrada do túnel Serpukhovski foi obrigado a parar. Um engarrafamento. Merda, mais um acidente, pensou. Alguns automobilistas abriam as janelas e punham a cabeça de fora. Olhavam todos na mesma direcção e Ivanovich imitou-os. Arregalou e esfregou os olhos, primeiro por não acreditar, depois para ver melhor. Mas, ver melhor o quê? Isto, no gigantesco painel publicitário! Uma pequena diferença num dia absolutamente normal.