A ganância e a rédea solta que lhe dão, ou seja, a questão é: porque é que as offshores são legais?

Foi publicada ontem uma nova investigação internacional pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ) – do qual o jornal Expresso é parceiro -, sobre evasão fiscal e branqueamento de capitais. As revelações são baseadas na maior fuga de dados fiscais de sempre, 600 jornalistas de 117 países colaboraram na investigação. O enorme conjunto de dados inclui 11,9 milhões de documentos de um total de 14 fornecedores de serviços financeiros. Dele constam os nomes de numerosas celebridades, políticos e bilionários, demostrando que a evasão fiscal e a criminalidade financeira continuam em grande escala, através de empresas de fachada e trusts.

Entre os visados, destacam-se figuras como o antigo primeiro-ministro britânico Tony Blair, o presidente da Ucrânia Volodymyr Zelenskiy, o rei Abdullah II da Jordânia ou o primeiro-ministro checo, Andrej Babis.

Também os ministros das finanças do Paquistão e Holanda têm laços com empresas offshore, assim como ex-ministros das finanças de Malta e da França – incluindo o ex-chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI) Dominique Strauss-Kahn.

E claro, também há portugueses envolvidos nos Pandora Papers, como Manuel Pinho, ex-ministro da Economia de José Sócrates, Nuno Morais Sarmento, vice-presidente do PSD e ministro nos Governos de Durão Barroso e Santana Lopes, e Vitalino Canas, secretário de Estado nos governos de António Guterres. [Read more…]

Aventar com… João Paulo Batalha

João Paulo Batalha é, actualmente, consultor nas áreas da boa governança, transparência e políticas de combate à corrupção, além de colunista e conferencista, tratando temas ligados à integridade pública e à participação cívica. Foi um dos fundadores da Transparência e Integridade, capítulo português da Transparency International, rede global de ONG anti-corrupção presente em mais de 100 países.

Esteve, no PodAventar, à conversa com José Mário Teixeira e António Fernando Nabais, tendo feito jus à sua formação académica (História, Sociologia Histórica e Política) e à sua experiência (jornalista, consultor de comunicação). O discurso é rigoroso e claro e o incentivo que deixa aos cidadãos é motivador. Os ouvintes mais curiosos gostarão de saber como participar no “circuito da corrupção”.

Vale a pena ouvir e partilhar, que não faltam redes sociais e caixas de correio electrónico.

Aventar com
Aventar com
Aventar com... João Paulo Batalha
/

“Aventar com” João Paulo Batalha

A rubrica de entrevistas “Aventar com”, será, desta vez, com João Paulo Batalha, hoje, pelas 18 horas.

João Paulo Batalha é um dos fundadores da Transparência e Integridade, capítulo português da Transparency International, rede global de ONG anti-corrupção presente em mais de 100 países. Entre 2017 e 2020 foi presidente da Direcção da associação. Actualmente, é consultor nas áreas da boa governança, transparência e políticas de combate à corrupção. Além de colunista e conferencista, tratando temas ligados à integridade pública e à participação cívica.

Aqui fica o último excerto:

“Aventar com” João Paulo Batalha

A rubrica de entrevistas “Aventar com”, será, desta vez, com João Paulo Batalha, amanhã, pelas 18 horas.

João Paulo Batalha é um dos fundadores da Transparência e Integridade, capítulo português da Transparency International, rede global de ONG anti-corrupção presente em mais de 100 países. Entre 2017 e 2020 foi presidente da Direcção da associação. Actualmente, é consultor nas áreas da boa governança, transparência e políticas de combate à corrupção. Além de colunista e conferencista, tratando temas ligados à integridade pública e à participação cívica.

Aqui fica o quinto excerto:

“Aventar com” João Paulo Batalha

A rubrica de entrevistas “Aventar com”, será, desta vez, com João Paulo Batalha, no próximo Sábado – 26/06/2021 -, pelas 18 horas.

João Paulo Batalha é um dos fundadores da Transparência e Integridade, capítulo português da Transparency International, rede global de ONG anti-corrupção presente em mais de 100 países. Entre 2017 e 2020 foi presidente da Direcção da associação. Actualmente, é consultor nas áreas da boa governança, transparência e políticas de combate à corrupção. Além de colunista e conferencista, tratando temas ligados à integridade pública e à participação cívica.

Aqui fica o quarto excerto:

“Aventar com” João Paulo Batalha

A rubrica de entrevistas “Aventar com”, será, desta vez, com João Paulo Batalha, no próximo Sábado – 26/06/2021 -, pelas 18 horas.

João Paulo Batalha é um dos fundadores da Transparência e Integridade, capítulo português da Transparency International, rede global de ONG anti-corrupção presente em mais de 100 países. Entre 2017 e 2020 foi presidente da Direcção da associação. Actualmente, é consultor nas áreas da boa governança, transparência e políticas de combate à corrupção. Além de colunista e conferencista, tratando temas ligados à integridade pública e à participação cívica.

Aqui fica o terceiro excerto:

“Aventar com” João Paulo Batalha

A rubrica de entrevistas “Aventar com”, será, desta vez, com João Paulo Batalha, no próximo Sábado – 26/06/2021 -, pelas 18 horas.

João Paulo Batalha é um dos fundadores da Transparência e Integridade, capítulo português da Transparency International, rede global de ONG anti-corrupção presente em mais de 100 países. Entre 2017 e 2020 foi presidente da Direcção da associação. Actualmente, é consultor nas áreas da boa governança, transparência e políticas de combate à corrupção. Além de colunista e conferencista, tratando temas ligados à integridade pública e à participação cívica.

Aqui fica o segundo excerto:

“Aventar com” João Paulo Batalha

A rubrica de entrevistas “Aventar com”, será, desta vez, com João Paulo Batalha, no próximo Sábado – 26/06/2021 -, pelas 18 horas.

João Paulo Batalha é um dos fundadores da Transparência e Integridade, capítulo português da Transparency International, rede global de ONG anti-corrupção presente em mais de 100 países. Entre 2017 e 2020 foi presidente da Direcção da associação. Actualmente, é consultor nas áreas da boa governança, transparência e políticas de combate à corrupção. Além de colunista e conferencista, tratando temas ligados à integridade pública e à participação cívica.

Aqui fica o primeiro excerto: