Oração

© Bruno Santos

© Bruno Santos

Oração Para as Minhas Horas de Êxtase

Senhor, meu Deus,
Criador de Todas as Coisas, Visíveis e Invisíveis,
todos os dias vou, com esta minha carne, este meu suor,
estes meus olhos, à procura da Tua Face a fim de entrar em Êxtase.

À brisa do fim da tarde, após ter morto todas as agitações estéreis,
e todas as queixas pelo desconcerto do Mundo e o meu,
sei que Te encontrarei com toda a certeza
no silêncio da grande luz crepuscular
sob o rumor marinho. Só. A sós. [Read more…]

Sentir paz

Há dias, dei-me conta que tenho usado muito pouco a palavra «paz». Estava a fazer uma pequena oração com a minha filha de quatro anos quando, também, Lhe Pedimos pela Paz. A minha filha ouvia, talvez, a palavra pela primeira vez, porque me perguntou “O que é estar em paz?”. Demorei a dar-lhe uma boa resposta. Por fim, ficámos satisfeitas quando me ocorreu dizer que estamos em paz quando, por exemplo, estamos contentes uns com os outros. Depois de fechar a porta do seu quarto, veio-me à memória um parágrafo de Cidadela de Saint-Exupéry que gostaria de partilhar:

Meditei muito tempo sobre o sentido da paz. A paz tão-somente deriva dos filhos paridos, das colheitas arrecadadas, da casa enfim arrumada. A paz vem-nos da eternidade, em que ingressam as coisas acabadas, perfeitas. Paz dos celeiros cheios, das ovelhas que dormem, dos lençóis dobrados, paz que apenas da perfeição nasce, paz do que se torna oferenda a Deus, uma vez bem-feita.

Vivemos em paz. Temos a paz nas nossas vidas, a cada momento, e não sabemos dizer o que ela é (tal como acontece com o amor). E, pior, dar-lhe valor.

Correu bem

 

“A remoção do tumor correu bem. Vivam os outros, que nos salvam de nós próprios”, escreveu Miguel Esteves Cardoso, hoje no Público, a propósito da onda de solidariedade que se criou à volta de Maria João. Uns rezaram, outros escreveram-lhe mensagens bonitas (também uma forma de orar!). Fomos muitos. Estivemos com eles e valeu a pena! [Read more…]

%d bloggers like this: