Correu bem

 

“A remoção do tumor correu bem. Vivam os outros, que nos salvam de nós próprios”, escreveu Miguel Esteves Cardoso, hoje no Público, a propósito da onda de solidariedade que se criou à volta de Maria João. Uns rezaram, outros escreveram-lhe mensagens bonitas (também uma forma de orar!). Fomos muitos. Estivemos com eles e valeu a pena! A Maria João nem imagina quantos pensaram nela sem a conhecerem  pessoalmente e pediram a Deus pela sua saúde!

Hoje soube que também a mãe de uma aluna minha foi submetida a uma operação no IPO e correu bem!

Hoje está um dia bonito, não está?

Comments

  1. Carlos Adelino da silva says:

    Cambada de hipócritas , todos pedem a deus , mas é num hospital e na mão dos cirurgiões e de todo o conhecimento e esforço que esses médicos e o estado aplicam com verbas avultadas . que a doente esta a ser tratada Então se acham que deus tem alguma influencia neste caso e em milhões de outros casos, porque não deixaram a senhora em casa e pediam todos a volta dela ou ainda mais ,a senhora ficava numa igreja e com muitas pessoas á volta dela a pedir com muito respeito e veneração ao seu deua e ficavam ai a espera da vontade de deus , mas não vão po-la nas mãos dos homens .depois a conclusão desta gente ´e esta : Se se salvar foi deus que deu uma mãozinha , mas se a senhora morrer o que dizem estas mesmas pessoas ? Que a operação não correu bem , que o caso ja estava muito adiantado, e que até alguns dizem : deus assim quis . É com esta gente hipócrita que eu não posso. Para a senhora desejo-lhe as melhoras.

  2. Maquiavel says:

    Agradeçamos todos aos médicos e aos professores que os ensinaram!

  3. Céu Mota says:

    Ponho-me no lugar da MJ … se isso é possível. Acho que ficaria muito grata se fizessem tudo por mim. E esse «Tudo» passaria, também, por rezarem por mim

  4. Paulo Gomes says:

    Está um dia muito bonito. Melhores ainda verão. Infelizmente, parece ser impossível ler a crónica de MEC no Público sem ser assinante.

Trackbacks


  1. […] Mota, no Aventar, May 05, 2012 at […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.