Joaquim Gomes (1917 – 2010) e a fuga de Peniche

Joaquim Gomes dos Santos nasceu em 1917 na Marinha Grande.

Vidreiro de profissão, esteve ao lado de Álvaro Cunhal na célebre fuga de Peniche – foi uma das três vezes em que esteve preso. Funcionário do PCP, Partido ao qual aderiu na década de 30, pertenceu à Comissão Política do Comité Central do Partido. Depois do 25 de Abril, foi Deputado à Assembleia da República entre 1976 e 1987, tendo sido eleito nas 4 primeiras Legislaturas pelo PCP, círculo de Leiria.

Morreu hoje aos 93 anos.

Comments

  1. Rui Cambraia says:

    Viva, estou à tentar descobrir o autor da ilustração deste artigo, o desenho do forte de Peniche a negro. O desenho aparece em inúmeros locais mas a autoria nunca está indicada. Agradeço qualquer informação a este respeito. Muito obrigado…!

  2. Ricardo Santos Pinto says:

    Também não conheço a autoria, meu caro.

  3. Francisco Sousa says:

    A autoria foi dada a 2 pessoas. Ao artista plástico e militante do PCP, José Dias Coelho (A Resistência em Portugal), assassinado Pela PIDE em 18 de Dezembro de 1961, o mesmo a quem Zeca Afonso dedicou “A morte saiu à rua”! Ou a sua companheira, também artista plástica e militante comunista Margarida Tengarrinha (Quadros da Memória!)

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.