Patamar Gest Corp

Leitor devidamente identificado

Caros blogger´s

Há uns tempos, durante a minha busca por trabalho, fui contactado por uma agência de viagens do Porto, de nome Patamar Gest Corp. Durante a entrevista falaram-me maravilhas da empresa, e da minha futura função na empresa. Teria que ligar a uma lista de possíveis clientes, que segundo a entrevistadora, já teriam conhecimento da empresa, através de amigos etc…
Pois muito bem, no final do dia contei a uns amigos sobre o assunto, os quais me avisaram sobre a existência de queixas na Internet referentes à tal agência. Essas queixas iam desde “clientes” a queixarem-se de burlas, a ex-trabalhadores a queixarem-se de não-pagamanto. Perante isto, decidi desistir da ideia de ir trabalhar para tal agência. Não andei dezasseis anos a estudar para ganhar a vida enganando e burlando as pessoas, para isso seguia a política. Mesmo assim decidi alinhar na formação, para ver com os meus próprios olhos o que tinha lido na Internet. Pelo que li nas queixas on-line, a táctica basicamente é a seguinte: através do call center, a agência contacta aleatoriamente uma série de empresas, convidando os colaboradores dessa empresa a aceitar duas noites de oferta numa casa de Turismo Rural; o objectivo seria promover o Turismo Rural e a agência, para que no futuro, essas pessoas visadas com a oferta, se lembrassem das boas graças da agência, e usassem os seus serviços. Supostamente, é tudo uma estratégia de marketing.
Uma vez aceite a oferta das duas noites, os visados apenas teriam que se dirigir à sede da agência para levantar o voucher de oferta.

Uma vez na agência, as pessoas que iam levantar o voucher eram abordadas pelo gerente, que segundo descrição dos clientes, seria uma pessoa super arrogante e sem escrúpulos. Esse mesmo gerente tentava persuadir as pessoas a assinarem uns papéis sem importância, sem qualquer compromisso, apenas burocracias para se poder aceitar a oferta. A verdade é que esses “papéis sem importância” eram contratos.

Quando cheguei às instalações para receber formação, percebi que estes dois últimos parágrafos correspondiam todos à verdade. Um grupo de jovens, que mais parecia máquinas de fazer telefonemas, com uma lista telefónica à frente, e a efectuarem aleatoriamente uma enormidade de telefonemas. O grupo de “trabalho” era constituído também por duas cheerleader´s que dançavam e gritavam palavras de incentivo para os operadores de call center, de forma a ligarem mais… e mais… e mais…
Por último, o gerente, correpondendo em tudo às características que eu havia lido. Arrogante, altivo, e basicamenta só lá andava a passear o fato e a mostrar o seu 3G. A única pessoa naquela casa que se pode dizer que trabalhava, no real sentido da palavra, era a senhora das limpezas.

Passado uns dias, estava eu já a trabalhar numa outra empresa, quando, coincidência ou não, me ligam dessa mesma agência a tentarem oferecer-me o tal voucher. Primeiro informaram-me que estavam a ligar de Aveiro, quando o número era do Porto, tal como o sotaque. Com toda a certeza, estavam a ligar da salinha que eu havia visitado dias antes, o mundo é pequeno. Quando confrontei o telefonista com as queixas existentes na Internet, o mesmo explicou-me que se tratavam de ex-funcionários que têm desavenças com os ex-patrões, e que o caso estava nos tribunais.

Bom, apenas gostaria de reiterar que eu em momento algum fui prejudicado/enganado por esta agência, mas ninguém dá nada a ninguém neste mundo, e por isso acho deveras estranho todo este caso, e acho estranho também todos os dias pessoas se queixarem na Internet sobre a agência. Até onde me deixei envolver, bateu tudo certo com as queixas dos clientes, agora cabe a cada um pensar o que quiser.
Uma coisa é garantida: NUNCA assinar nada sem se ler muito bem o que se assina.

Para terminar, aconselho vivamente à leitura destas páginas, principalmente da primeira.

Links das queixas:

http://www.portaldaqueixa.com/viagens-e-lazer/932-53509.html

http://anossavida.pt/forum/clube-1970-patamar-viagens

http://forum.rotas.xl.pt/read.php?12,32131,page=3

Comments

  1. Maria de Fátima Bizarro says:

    Quando lhes oferecerem máquinas de café, viagens, jarras, ou qualquer outra coisa, vão à reunião buscá-la e façam como um amigo meu. Não assinou nada e exigiu que lhe dessem o prémio oferecido ou chamava a Polícia. Foi remédio santo. O prémio apareceu imediatamente e não foi preciso assinar nada.


  2. Não assinem nada sem ir para casa pensar sobre o assunto. Não aceitem nada “oferecido” à porta, ou nos corredores de centros comerciais. Não dêem conversa a quem liga de “call-center”, digam que são estudantes ou desempregados e que têm que sair, não têm tempo. Normalmente é suficiente para terminar a conversa e evitar novos contactos.
    Os “call-center” só servem para nós ligarmos para lá a reclamar dos serviços duma empresa qualquer, que não tendo paciência para reclamações e chatices, contrata esse serviço a especialistas. Assim acaba um quinhenteurista precário a ter que escutar cobras e lagartos sobre uma borrada que outros fizeram e responder educadamente.

  3. Alce silva says:

    Eu trabalho num call center , estive na patamar . Foi uma boa escola . Aprendi muito , sempre pagaram . Não tenho nada a apontar a esta empresa . Hoje , trabalho para uma seguradora num call-center e é pena não respeitarem esta profissão. Portugal tem muitas empresas de telemarketing . Respeitem os operadores . Estamos a trabalhar é o nosso trabalho .

    • qwer says:

      Toda a gente merece respeito e deve ser tratado com educação. Não é porque se está a trabalhar que merece mais ou menos respeito. Mas sempre ouvi dizer que respeito não se exige, o respeito conquista-se e que para ser respeitado temos que respeitar os outros. Dito isto não posso deixar de exemplificar algumas excepções à regra como no caso dos ladrões que o seu trabalho, e dos burlões que é burlar… Há certas “profissões” que não merecem respeito. Estou-me apenas a referir aos casos de call centers do tipo da patamar.
      Nos outros casos de call centers de vendas seriam muito melhor tratados se quando quem atende a vossa chamada vos diz que não está interessado simplesmente terminassem a chamada. Como é que querem ser respeitados se ligam 4 e mais vezes por dia ao longo de vários dias após termos dito que não estamos interessados? Estão à espera de nos irritar até que aceitemos comprar a porcaria do produto que nos querem impingir?
      No caso dos call centers que recebem reclamações e serviços de apoio ao cliente os seus trabalhadores têm todo o meu respeito e imagino as situações difíceis porque devem passar.
      Por último deixo um conselho se não és respeitada é porque estás a fazer algo de errado e o melhor é procurares um trabalho mais digno.

  4. carla says:

    A cerca de um ano trabalhei para a patamar do Porto felizmente só lá estive 2 semanas pois depois recebi uma proposta melhor de trabalho. No entanto visto que trabalhei as 2 semanas tinha direito a que me pagassem esses dias, pois bem, se não fosse a minha mãe a ir comigo e nos termos chateado e dito que íamos ao ministério do trabalho eles não me teriam pago, e a menina que nos atendeu foi extremamente mal educada.

  5. Daniela says:

    Ola boa noite…. venho desta forma alertar todas as pessoas para terem atenção a um senhor gerente na empresa Patamar que se chama Filipe Manuel Pinto Leal, que não passa de um borlão que usa esse dinheiro para puder comprar dogras …tenham cuidado…..em breve postarei uma foto desse ser….que costuma estar na agencia do Porto ou Guimaraes

    • wefeq says:

      eu fui burlada sera que me pode ajudar ~

    • Sandra says:

      Ola apresentei c queixa sobre esse sujeito …e duma tal andreia que se dizia gerente ou supervisora por acaso sabe alguma informação dessa fulana? Ela tinha o cabelo loiro

    • Sandra says:

      Ola eu também fui enganada por essa empresa em 2012 levei o caso p tribunal… E tal e qual cm diz..papeis sem importância nenhuma…no meu caso deram me um monte de folhas para assinar…não m deixaram ler pois o sr pos a mao por cima das folhas ajudando a esfolhear e a apontar onde eu deveria assinar… A conclusão desse mesmo fim de semana rural onde era completamente gratuito, fiz questão de lhes dizer que como trabalhava em restauração num café onde nunca poderia ter 2 dias de folga t menos ao fim de semana.. Ou seja não m servia de nada o voucher .. Proposeram me a possibilidade de me tornar sócia com uma mensalidade mas recusei pois o estabelecimento onde trabalhava ia fechar e nós sabíamos k íamos ficar sem trabalho…jamais assinava um contrato a saber k era mesmo um contrato com consciência da minha situação naquele momento… O que me disseram foi que os papeis k eu estava a assinar eram meramente relativos ao fim de semana… Pediram me o NIB para se eu durante o fim de semana me acontecesse alguma coisa que fosse para o hospital ou assim que tivesse que gastar algum dinheiro eles dessa forma repunham… Falaram me dos 15 dias para mas da forma como falaram os 15 dias para rescindir contavam a partir do fim de semana gozado… Só ai eles iriam entrar em contacto comigo… Pois passado uns meses fui notificada por um advogado deles k tinha assinado um contrato no valor de 8mil e tal euros …opus a penhora e apresentei queixa contra empresa de burla publica qualificada desde então penhoram me o carro e o salário … Estou a espera que fique resolvido em tribunal… São tantas as queixas…

    • liliana cardoso says:

      Fui contatada pela Marketitur (patamar) que tinha um voucher de um cruzeiro 6 pontes no Porto para levantar! E isto foi exatamente ontem, 23 de Maio…e falei com esse Filipe Pinto…pareceu me muito honesto!! mas o que ja li por aqui e por outros portais, acho que ja me lixei! Porque assinei ontem um monte de papelada, inclusive um contrato, mas que tenho 14 dias para pensar se quero ou nao, ainda ha bocado falei com o Filipe Pinto ao tlm e ele disse me que me voltaria a contatar para nova reuniao!! e agora?? o que faço?? Alguem me responde por favor?!!!

      • Marisa Raquel Pinto Gonçalves says:

        Não espere pela chamada, irão fazer de tudo para passarem os 14 dias e aí vão dizer que já não pode cancelar o contrato e terá de andar mais de 10 anos a pagar… E tudo burla. Eu também cai mas com a ajuda a minha advogada consegui cancelar a tempo!

      • Teresa Alves says:

        Diga que não. E faça uma carta registada para eles eu estou na mesma situação. Comigo também foi o filipe pinto já apresentei queixa na deco. Não deixe passar os 14dias

  6. josé says:

    Sei perfeitamente quem é esse tal Filipe Pinto parece Coreano e tem área de mafioso … no meu caso assinei o contrato mas não entreguei qualquer tipo de documentação , terei problemas com isso ? obrigada a todos

    • Sandra says:

      Ola eu também fui enganada por essa empresa em 2012 levei o caso p tribunal… E tal e qual cm diz..papeis sem importância nenhuma…no meu caso deram me um monte de folhas para assinar…não m deixaram ler pois o sr pos a mao por cima das folhas ajudando a esfolhear e a apontar onde eu deveria assinar… A conclusão desse mesmo fim de semana rural onde era completamente gratuito, fiz questão de lhes dizer que como trabalhava em restauração num café onde nunca poderia ter 2 dias de folga t menos ao fim de semana.. Ou seja não m servia de nada o voucher .. Proposeram me a possibilidade de me tornar sócia com uma mensalidade mas recusei pois o estabelecimento onde trabalhava ia fechar e nós sabíamos k íamos ficar sem trabalho…jamais assinava um contrato a saber k era mesmo um contrato com consciência da minha situação naquele momento… O que me disseram foi que os papeis k eu estava a assinar eram meramente relativos ao fim de semana… Pediram me o NIB para se eu durante o fim de semana me acontecesse alguma coisa que fosse para o hospital ou assim que tivesse que gastar algum dinheiro eles dessa forma repunham… Falaram me dos 15 dias para mas da forma como falaram os 15 dias para rescindir contavam a partir do fim de semana gozado… Só ai eles iriam entrar em contacto comigo… Pois passado uns meses fui notificada por um advogado deles k tinha assinado um contrato no valor de 8mil e tal euros …opus a penhora e apresentei queixa contra empresa de burla publica qualificada desde então penhoram me o carro e o salário … Estou a espera que fique resolvido em tribunal… São tantas as queixas…

  7. josé says:

    Numero Filipe Pinto : 925923781

  8. carla daniela silva ribeiro says:

    mas eu,,,alem d assinar,,,dei os meus documentos….agora to metida numa alhada,,,,m ao qual vou tentar saír vencedora…graças ao sr filipe pinto e nao só….sao uns aldraboes…..
    m o mundo é pequeno….pode ser k a gent s encontre..

  9. Alce silva says:

    Eu trabalhei , na patamar ! Sempre pagaram . Nao tenho nada apontar !! Trabalha muita pessoas na patamar . Tem de tudo como uma grande empresa !! PT , Meo ? Zon ?? Tem bons e maus profissionais como tudo na vida !! Patamar tem mau profissionais ??!! Claro que sim .

  10. Beatriz Maia says:

    Trabalhei 6 meses na patamar ,na altura fiquei triste com a patamar já que não renovaram o contrato (mudaram de equipa) hoje trabalho Manpower para PT, tenho contrato ao mês , vendemos meo .
    Falam mal da patamar ??, a PT é pior o ambiente de pressão e a instabilidade e precariedade é grande . A única diferença é que as instalação PT é bonita . As aldrabices ?? A patamar é virgem perto da zonn ou PT . Os precários da PT não queixamos por vergonha . Sim , que trabalhamos e falamos em nome da PT anos a fios e trabalhamos para uma empresa com contratos semanais ou mensal .

    • reef says:

      Mas vc quer tapar olhos a quem?? Eu trabalho na mesma empresa q vc e nao tenho q mentir aos clientes alem de q a dif entre man power e patamar é bem dif. A MP pode ter os seus problemas mas dai ate comparar com a Patamar é uma anedota. Trate se

  11. Filipa says:

    Sou cliente da Patamar e nao tenho nenhuma razao de queixa, pelo contrario. tenho so pena de quem age por impulso. as pessoas deviam ter dois dedos de testa para saber o que fazem. estou muito satisfeita com a empresa.


  12. Sem mais especificar posso adiantar que essa empresa é uma das mais populares nos escritórios de advocacia do Porto e não só tantos são os casos que vão aparecendo, a maneira de actuar é sempre a mesma basta pesquisar que não terão dificuldades em encontrar algo relacionado. Mais, essa empresa é só a sucessora de um histórico de outras empresas que entraram em insolvência sempre administradas pelos mesmos “artistas”. O gabinete jurídico é a principal fonte de lucro. Esta empresa está actualmente em insolvência também e actua de momento com o nome Marketitur, uma nova tentativa de “lavar a cara” portanto. Outrora investigados, continuam referênciados em unidades de investigação criminal. De momento não têm qualquer credibilidade nos Tribunais e qualquer produção de prova saíra vitoriosa.

  13. helder says:

    nessa empresa é tudo uma cambada de burloes que so nos querem desgracar a vida . felizmente dei por ela e mandei a carta a rescindir o contracto senao hoje em dia estava desgracado da vida tenham muita atencao e nao assinem nada nunca.
    e caso queiram mandar carta pecam a um advogado que a fassapara jogarem pelo seguro claro se for dentro dos 14 dias apos a assinatura

    • Carla Oliveira says:

      Também caí na esparrela e assinei ontem.
      Hoje já fiz a carta e vou enviar e esperar que corra tudo bem…

  14. 1More says:

    Boa noite… eu fui mais que assinou sem ler… Vou enviar a resolução do contrato logo pela manha… Se alguém estiver interessado fica aqui o modelo da carta:

    Modelo de carta de resolução contratual

    Nome:
    Morada:

    Carta registada, com aviso de recepção
    _______________, ___ / ___ / ___

    Assunto: resolução de contrato

    Exmos. Srs.,

    No dia __ de _____ de ____, após ter recebido um telefonema em casa, desloquei-me ao ___________________________, a fim de assistir à apresentação da empresa e confirmo ter recebido em mãos de um funcionário de V/Exas.. o Voucher de um cruzeiro no rio Douro, a titulo promocional, sem qualquer imposição contratual.

    No entanto, decidi assistir a uma demonstração, acabei por assinar um contrato (nº XXXXX) de aquisição dos vossos serviços pelo preço de 8.940.00 euros.

    Contudo, e tal como V/Exas. me aconselharam, utilizei o período de reflexão concedido por lei, de acordo com todos os documentos pertencentes ao referido contrato, dos quais me foram facultadas copias duplicados no momento da assinatura, tendo concluído não estar interessado nestes serviços, pelo que venho por este meio exercer o meu direito de livre resolução, dentro do prazo previsto na lei.

    Sem outro assunto, subscrevo- me com os melhores cumprimentos.

    (Assinatura do Titular do Contrato Manuscrita)

    • Raquel says:

      Conseguiu resolver o problema? Eu assinei hoje contrato, a princípio estava receosa, mas lá acabei por o fazer… Vou tratar de enviar a carta na segunda, ficará resolvido?

  15. wefeq says:

    depois de mandar a carta consegui resolver a situação .
    Consultou algum advogado?
    teve de pagar alguma coisa ?
    pode-me ajudar pff estou na mesma situação o que posso fazer


  16. Bom dia
    Também assinei o tal contrato, quando me ligaram nunca se identificaram como sendo do grupo Patamar, por isso só pesquisei na net após assinar o contrato, quando me deparei com tantas queixas, li o contrato com atenção e verifiquei que o que me tinham dito não era o que estava no contrato, preparei e enviei a carta registada e com A/R dentro dos 14 dias .
    Qual não é o meu espanto quando na semana seguinte recebo um telefonema de alguém da Marketitur a confirmar que recebeu a minha carta dentro do prazo e que pretendiam marcar um local, dia e hora à minha escolha, para me entregar uma declaração a resolver o contrato, pedi para enviar por correio mas vez que era só para entregar, disseram que teria de ser pessoalmente.
    Aconteceu o mesmo com alguém???

  17. Sandra says:

    Ola eu também fui enganada por essa empresa em 2012 levei o caso p tribunal… E tal e qual cm diz..papeis sem importância nenhuma…no meu caso deram me um monte de folhas para assinar…não m deixaram ler pois o sr pos a mao por cima das folhas ajudando a esfolhear e a apontar onde eu deveria assinar… A conclusão desse mesmo fim de semana rural onde era completamente gratuito, fiz questão de lhes dizer que como trabalhava em restauração num café onde nunca poderia ter 2 dias de folga t menos ao fim de semana.. Ou seja não m servia de nada o voucher .. Proposeram me a possibilidade de me tornar sócia com uma mensalidade mas recusei pois o estabelecimento onde trabalhava ia fechar e nós sabíamos k íamos ficar sem trabalho…jamais assinava um contrato a saber k era mesmo um contrato com consciência da minha situação naquele momento… O que me disseram foi que os papeis k eu estava a assinar eram meramente relativos ao fim de semana… Pediram me o NIB para se eu durante o fim de semana me acontecesse alguma coisa que fosse para o hospital ou assim que tivesse que gastar algum dinheiro eles dessa forma repunham… Falaram me dos 15 dias para mas da forma como falaram os 15 dias para rescindir contavam a partir do fim de semana gozado… Só ai eles iriam entrar em contacto comigo… Pois passado uns meses fui notificada por um advogado deles k tinha assinado um contrato no valor de 8mil e tal euros …opus a penhora e apresentei queixa contra empresa de burla publica qualificada desde então penhoram me o carro e o salário … Estou a espera que fique resolvido em tribunal… São tantas as queixas…

  18. jose andrade says:

    envie imediatamente a anulacao. carta com aviso rececao

  19. Sandra Silva says:

    Tambem fui mais uma das vitimas mas o meu caso já está em tribunal.. mas venho pedir a vossa colaboração porque fiquei sem advogado será que me podem fornecer o contato de algum advogado que já esteja dentro deste assunto?

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.