Efectivamente, sem Hostilizar

O que jaz e subjaz denunciado neste texto faz estarrecer. Na sua globalidade, o autor parece suficientemente demolidor da sacra, seráfica e mui respeitável figura rui-rioniana para principiantes, bem-intencionados e para os outros. Chega-se ao fim e pensa-se no sepulcredo caiado da manufactura política e sobretudo no cinismo de certos ataques e acusações aos adversários ou rivais. A verdade não perdoa. A verdade nunca hostiliza. É a verdade. Mesmo nos interstícios da mentira há verdade. Mesmo no âmago do erróneo e no núcleo duro do errático há verdade. Mesmo num post imperfeito e sofista há verdade. Efectivamente.

Comments

  1. nightwishpt says:

    E porque o Rio diz às vezes mal do líder no clube, já se pode falar mal dele.
    Quem quiser que o compre. O Rio é igual aos fdp do governo. Guilhotina com eles.

    • Joaquim Carlos Santos says:

      Hoje estamos muito radicais, nightwishpt. Não sou adepto de que se hostilize Rio, repito. Rio deve ser bem tratado, com elevação e nobreza, na exacta proporção com que maltrata Menezes. E assim sucessivamente…


  2. nobreza?

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.