Dizem que é um governo liberal

-A confirmar-se esta notícia, ficamos a saber que não existe diferença entre Teixeira dos Santos e Maria Luís Albuquerque, ou se preferirem entre Pedro Passos Coelho e José Sócrates. É mais do mesmo! Nacionalizar um Banco, mesmo que de forma parcial, significa enviar uma factura aos contribuintes. Uma vez mais, escusam de contar com o meu voto…

Comments


  1. presumo que nestes assuntos (como em quase todos no mundo todo) temos que admitir que não há cantinhos isolados e imunes -estamos todos no mesmo barco,e o que interessa mesmo é escolher bem quem e com seriedade quem nos governa ; aqui temos que admitir que apos 3 bancarrotas nacionais, varios bancos falidos, muitos deputados a defenderem interesses suspeitos e os seus tachos, o que temos é eleitores bem incompetentes.Como se pode entender que continuem a votar nos que já os enganaram tanta vez?
    batem-lha a porta e enganam-no com uma enciclopedia marada e sempre que lhe voltam a tocar a campainha aí vai o tarolo abrir a porta!!!

  2. Nightwish says:

    Não se diz que são liberais, mas sim neo-liberais, que é uma coisa muito diferente: os amigos ficam com tudo e os outros que lutem pelas migalhas.

  3. Alexandre Carvalho da Silveira says:

    Já fizeram esta conversa há três anos a propósito do BCP e do BPI. O BPI já pagou tudo, e o BCP vai pagar brevemente práticamente tudo, e entretanto o estado arrecadou mais de 700 milhões de euros em juros.
    Mas parece já não causar tanto incómodo o facto de o estado meter todos os anos milhares de milhões de euros dos contribuintes em empresas públicas completamente falidas, porque afinal essas são do povo.
    Percebo que este paleio sirva para disfarçar os maus resultados da pré-época do Benfica, mas não mais do que isso.

    • Dora says:

      Se o estado arrecadou tanto, não havia necessidade de me arrecadarem mais no meu salário e nos impostos.

    • Ferdinand says:

      Conversa fiada para justificar um sector financeiro parasitário que não produz para aquilo que a sociedade paga.

      Esse “lucro” do estado serviu para pagar a parasitagem dos bancos que estão bem acima na hierarquia, lugar onde o BCP, o BPI e nenhum banco português se encontra…

    • Alexandre Carvalho da Silveira says:

      Há no entanto uma enorme diferença entre este governo neoliberal e o governo do Partido Socialista: os socialistas puseram os contribuintes a pagar a conta do BPN; os neoliberais puseram os accionistas a pagar a conta do BES.
      Quer dizer: socializaram a coisa, não é?

  4. Afonso Jorge says:

    Lá voltei outra vez a viver acima das minhas possibilidades. Nunca mais aprendo.


  5. Diga-se o que se disser quem vai pagar tudo isto somos nós, mais uma vez. Nós, os nossos filhos e se calhar até os nossos netos. Entretanto, a avaliar pelos casos anteriores, ninguém vai ser punido por todo este desmando. Basta olhar para o caso BPN. É por isso que fico assustado ao ouvir um Rui Rio (por quem tinha até um certo apreço) dizer que o Presidente da República também devia ser o chefe dos tribunais, numa clara mistura dos poderes legislativo e executivo com o poder judicial que é, no meu entender, o que mais se deve tentar evitar numa verdadeira democracia. E ainda mais assustado fico ao constatar que António Costa também está de acordo com isso…

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.