Agora?

A nossa elite. Ou falava na hora ou devia estar calada.

Comments


  1. Tomando em conta que a professora da Universidade de Coimbra disse as banalidades do costume. não sei de foi grande perda. Se calhar não estava disponível para sugerir que Coimbra não recebece-se tanto apoio e não centraliza-se tanto os cuidados de saúde na zona centro (nem sequer sendo a terceira cidade do país em população e importância económica, e tem dois hospitais públicos), como se viu agora com o apoio dado pelo CGD aos hospitais de Coimbra devido aos incêndios. Afinal, só interessa cuidar do vivos desde que os beneficiados do costume recebam o deles, muitas vezes sem merecerem.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.