Sobre a normalização da brutalidade nos EUA

Nos EUA, uma criança de 11 anos foi apanhada a roubar comida num supermercado. Perante tão hediondo crime, qual foi a solução encontrada pelo segurança do estabelecimento, que por acaso também é polícia? Parar a perigosa delinquente com o seu taser. Sim, é mesmo verdade: um agente da autoridade norte-americano achou que a solução para aquele grande assalto era uma violenta descarga eléctrica numa criança de 11 anos, uma descarga eléctrica que poderia ter sido fatal.

Podia voltar a lógica de uma publicação que fiz ontem, e perguntar como reagiria o mundo dito civilizado se um incidente destes tivesse acontecido, por exemplo, na Rússia. Estaríamos, muito provavelmente, a generalizar e a discutir práticas totalitárias dos perigosos comunistas que há décadas deixaram de o ser. Mas estou mais preocupado com o que se está a passar nos EUA, onde a brutalidade se está a normalizar a um ritmo alucinante. Onde, entre outras maravilhas da era Trump, é hoje legalmente possível fazer armas de fogo com uma impressora 3D, fora do controle das autoridades. E verdadeiramente assustado com a possibilidade de ver estas monstruosidades serem exportadas para a Europa, para gáudio dos Orbáns e Salvinis desta vida.

Comments

  1. JgMenos says:

    Quanto pesava a criancinha?
    Era pequenina?
    Era educadinha?
    Pacífica ou agressiva?
    Repita-se o inquérito adaptando-o ao polícia…

    Sabe-se que culpa é naturalmente do Trump, mas há mais dados a considerar.


    • OOOOOOOO Menos… vai à …

    • ZE LOPES says:

      Última hora! Abertura do noticiário do Correio da Manha TV : “JgMenos promove segurança a polícia nos EUA. Sindicato dos Seguranças de Portugal exige tratamento de igualdade!”

    • ZE LOPES says:

      No entanto as questões por V. Exa superiormente colocadas sobre a criancinha deixam-me um pouco perplexo!

      Será que V. Exa se tornou esquisito? A reagir, é claro! Ah! Ah! Ah, Ah, Ah, Ah, Ahhhhhh!

  2. Luís Lavoura says:

    entre outras maravilhas da era Trump, é hoje legalmente possível fazer armas de fogo com uma impressora 3D

    Essa possibilidade não tem absolutamente nada a ver com o facto de Trump ser o atual presidente.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.