Braga e o Património

A bimilenar Bracara Augusta, popularmente conhecido como Braga e por muitos tida como “a terceira cidade de Portugal”, é um sítio que se orgulha de apagar, tanto quanto possível (e para lá do possível), quaisquer vestígios dos antanhos.

Tudo quanto não seja cimento armado ou asfalto corre risco de ser levado na enxurrada (e há, de facto, muitas enxurradas em Braga).
Foi assim no longo reinado de 37 anos de Mesquita, o Machado que tudo cortou, e continua a tradição já com o novel Ricardo Rio. Cujo mote foi “mudança”. E a cidade precisava, precisa de “mudança”.

É que nem o cheiro mudou, Ricardo.

Comments

  1. Carlos Almeida says:

    Dois links para o “fakebook” ????

    Depois admiram-se ?

  2. Ana Moreno says:

    Mas há bracarenses a organizarem-se pela protecção do património. VIVA a Plataforma Salvar a Fábrica Confiança: https://www.rtp.pt/noticias/economia/cidadaos-de-braga-contra-venda-de-fabrica-de-sabonetes_v1111372

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.