António Costa e o Mercosul

Para quem ainda tinha dúvidas, com a sua declaração ao PÚBLICO de que Portugal “sempre se bateu por este acordo” e de que vai empenhar-se para que seja cumprido, com as “preocupações e objectivos” de “salvaguarda dos ecossistemas”, António Costa demonstrou cabalmente que a sua prioridade é o negócio e não o planeta, pois, como bem sabe, as referências ambientais no acordo – tal como nos outros que a UE anda a assinar como quem come uvas – são apenas palavras bonitas sem qualquer força executiva.
Que o acordo com Mercosul obriga a respeito pela “cláusula ambiental” não passa pois de areia para os olhos. A verdade é que este é mais um acordo que segue à risca o modelo de desenvolvimento destruidor que nos trouxe até aqui e que se encontra em total contradição com medidas que pretendem tornar a Europa mais sustentável.
O rei vai nu e tem língua bífida.

Comments

  1. Ana Moreno says:

    O Livre lançou uma petição a este respeito:
    (…)
    – Os órgãos de soberania da República Portuguesa não podem continuar silenciosos perante esta destruição da nossa casa comum. Urge uma clara tomada de posição pública do Sr. Presidente da República e do Sr. Primeiro-ministro;

    – O governo de Portugal deve comunicar ao Conselho da União Europeia que não estará disponível para prescindir da aprovação do acordo UE-Mercosul pela Assembleia da República, uma vez que ele tem um impacto que vai muito para lá de um vulgar acordo comercial;

    – Os deputados e deputadas à Assembleia da República devem aprovar uma moção informando o Parlamento Europeu e o Congresso Brasileiro de que não aprovarão o acordo UE-Mercosul sem garantias adicionais de respeito pelo meio ambiente e pelos direitos dos povos indígenas e criação de mecanismos cientificamente independentes de verificação destas garantias.
    https://partidolivre.pt/peticao-salvar-amazonia

    Parece-me bem.


    • Pois é, Ana, a nossa vontade de apagar o fogo “de balde” vai esmorecendo com esta traição/hipocrisia dos políticos que em nosso nome tomam decisões com o paleio enganoso de circunstância, Costa&Marcelo, e todos os G7 ou oitos desta vida !!!

      Assinei a Petição do Livre, mesmo sabendo que não vai valer de nada !!! : ((

      “– O governo de Portugal deve comunicar ao Conselho da União Europeia que não estará disponível para prescindir da aprovação do acordo UE-Mercosul pela Assembleia da República, uma vez que ele tem um impacto que vai muito para lá de um vulgar acordo comercial;….”

      ??? este Governo de Portugal ! ! ? qq. dia temos aí o Bolsonaro a ser recebido com pompa e circunstância e nós a pagarmos !

      Shame on them !

      • Ana Moreno says:

        Olá Isabela, continuar a fazer a nossa partezinha é tudo o que podemos, como o pequeno colibri da história. Grande abraço!
        https://villar21.wordpress.com/2011/09/26/o-colibri-na-floresta-em-chamas/


        • Sim, Ana ! eu tb já tinha evocado o valor de cada bico de passarinho cheio de água para tentar ” apagarmos todas as florestas a arder “, a valer sendo muiiiiiiiiiiiiiiiitos !!

          …..mas a certa altura parece que o ânimo se vai, temos que nos dar coragem, venham mais cinco sempre !!
          Bem haja, Ana Moreno, forte abraço !

          …e obrigada pelo link da estorinha/parábola, que é para guardar e voltar a dar em todo o seu sentido !

  2. JgMenos says:

    Seria interessante determinar quanto de negócio estão os ‘inocentos’ dispostos a abdicar de negócio para salvar o planeta,
    Que tal mais 2% de IVA para salvar a Amazónia e nada de aumentos nos próximos 5 anos?

  3. Carlos Almeida says:

    Para quem ainda tinha duvidas do que é verdadeiramente o Partido Socialista, aí está:

    O Primeiro Ministro António Costa apoia Bolsonaro:

    https://www.rtp.pt/noticias/politica/contra-as-sancoes-antonio-costa-solidario-com-bolsonaro_v1168354

    • Ana Moreno says:

      Sobre as prioridades de António Costa não restam mesmo dúvidas (não se esqueçam de lhe dar maioria absoluta).
      Nem sequer a chanceler alemã, com a sua pressurosa defesa da indústria automobilística que tanto vai beneficiar do Mercosul, teve o descaramento de não alinhar com as críticas a Bolsonaro. Mas Costa é mesmo amigo.


  4. Mas é só os acordos com o Mercosul ou também vamos denunciar os acordos com a China?

  5. Ana Moreno says:

    Com a China também, claro. Até hoje não percebo essa ingenuidade perante um estado anti-democrático que não esconde as suas ambições. Quer dizer, percebo mas não me cabe na cabeça. Mas Costa é amigo.
    E antes que pergunte, com os USA também. E aliás, todos esses acordos de comércio chamado livre que só servem as multinacionais e destroem o planeta e os direitos sociais.

    • JgMenos says:

      ‘ destroem o planeta e os direitos sociais’
      Não há mesmo limites para a treta esquerdalha?

      É inevitável a destruição do planeta pela aquisição de direitos sociais (pão, habitação, educação,…) por centos de milhões de beneficiados com o comércio?

      Ou será que a cambada de instalados nos velhos impérios ocidentais imaginam que o bem dos outros os obriga a concorrer, destruindo o projecto de indigência confortável que parece ser o que entendem ser ‘o seu direito’?

      A insuportável lenga-lenga dos ex-internacionalistas, ex-terceiromundistas, e ex-todaamerda que os faz acreditar serem os progressistas do momento, esconde estupidez e egoísmos de toda a espécie.

      • Ana Moreno says:

        Esquerdalha? onde?

      • Paulo Marques says:

        Qual bem dos outros, ó comuna? Somos nós que vivemos pior, não são os outros que tiveram um crescimento astronómico. E sim, fazê-lo sem qualquer tipo de regras implica a destruição do ambiente que nos permite viver. O planeta fica cá muito depois de nós, esteja tranquilo.

  6. Paulo Marques says:

    O Costa? Esse faz o que a Merkel, ou, neste caso, o amigo apunhalador Morcon lhe manda.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.