Super Bock Vírus

[Francisco Salvador Figueiredo]

Como eu gosto das coisas à portuguesa, decidi trocar o nome Corona por Super Bock. Além de dar uma maior leveza ao assunto, podemos mostrar orgulho em termos a nossa influência no nome de uma epidemia mundial. É Portugal, pá! E que o André Ventura não veja isto, porque ainda me rouba a ideia. Mas todos sabemos que isto de roubar ideias é mais estilo Bloco.

Os nossos governantes começaram confiantes. Defenderam que Portugal estava preparado para receber esta doença. Lá estamos nós e a nossa mania de sermos hospitaleiros… Um SNS que deixa pessoas a morrer à espera de uma consulta estar preparado para receber uma epidemia de tal tamanho? Só acredito no dia em que o FC Porto, na mesma semana, perder com o Caldas e ganhar ao Barcelona.

Depois de o governo afirmar que os nossos hospitais estavam preparados, devem ter ido todos brincar com os seus unicórnios enquanto descobriam um pote de ouro no fim do arco-íris. Isto foi o antes. Quando nós somos os maiores. Bastou haver dois casos de Super Bock vírus… E o resultado? Pessoa fechada na casa de banho de centro de saúde por suspeita de Super Bock Vírus, dizia uma manchete. Mas tinham duas camas apenas para pessoas infetadas? Já vi hostels com melhores condições e mais eficazes.

Tudo isto parece uma brincadeira. Mas é bem mais grave do que isso. É o Estado garantir que possas levar o teu felpudo a um restaurante, mas não garantir minimamente a tua segurança. É um Estado a prejudicar as pessoas em nome de uma ideologia. É um Estado que não aceita a ajuda do colega do lado para fazer um desenho em Educação Visual, mas que insiste que aquele retrato dá para positiva. É um Estado forte na presença e fraco para nós. É um estado que nos está a levar para o sonho socialista, que não deve passar de ser o país menos desenvolvido da Europa. Acorda, Portugal.

Comments

  1. Pronto says:

    Pronto! Outro atacado pelo vírus.

  2. Paulo Marques says:

    Não, é um estado que acredita que o défice zero é uma virtude. Os custos são estes.

  3. Dragartomaspouco says:

    Logo vi que gostavas de Super Bock !
    Eu prefiro cerveja portuguesa


  4. Portugal tem dos melhores Sistemas de Saúde do mundo.Se não estás satisfeito emigra. Olha, para os Estados Unidos por exemplo, onde chamar uma ambulância custa 3 mil euros e onde as pessoas morrem todos os dias não de Super Bock mas por não terem dinheiro para comprar insulina. Talvez aí depois dês valor ao que tinhas, porque infelizmente é sempre assim, as pessoas só dão valor ao que têm quando perdem.

  5. António Castro says:

    Que grande idiota.

  6. Daniel says:

    O “vírus” que te contagiou é bem mais grave o que o corona!…

  7. whaleproject says:

    O nosso SNS falha muito, e disso sei eu que vivo no Algarve esquecido e já vi morrer muita gente num Matadouro pomposamente chamado Hospital Distrital de Faro. Mas sei que noutras zonas do país as coisas até funcionam. Passas tempo á espera, passas, mas és atendido e ninguém te leva os olhos da cara. Nos Estados Unidos, se tens dinheiro vais ao médico, porque tiveste dinheiro para pagar um seguro e tens algum para pagar o excesso. Se não tens apodreces em casa, se tiveres Corona nem sabes do que morreste nem quantos infectaste antes de morreres. Quem diz o contrário ou mente conscientemente ou papa as teorias propagandísticas do Tio Sam.
    É verdade que não estamos preparados para uma coisa destas, mas também é verdade que ninguém está. E enquanto eu não vir um membro do Governo a rezar pelo fim da epidemia, como vi gente do Gabinete do Trampas, hei-de ao menos acreditar que estamos a manter uma medida de racionalidade que outros não têm.
    E qual sonho socialista? O homem bebeu mesmo foi muita Super Bock, porque deve ser mesmo em nome de um sonho socialista que se fizeram alterações ao Código do Trabalho que lesam os trabalhadores e se recusa reverter todas as alterações gravosas que lá deixou o Passos Coelho. Deve ser em nome de um sonho socialista que continuamos a roubar aos contribuintes para injetar nos bancos. Deve ser em nome de um sonho socialista que vamos atrás do Trampas em todas as aventuras bélicas, sancionatórias e outras. Qual sonho socialista qual conho. Beba menos Super Bock e já agora, espere que passem os 30 dias e emigre para os Estados Unidos.
    Aqui já temos um Ventura, não precisamos de mais.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.