Para tudo! Para tudo? Como é que é?

Was wir im Vergleich mit der sophokleischen Tragödie so häufig dem Euripides als dichterischen Mangel und Rückschritt anzurechnen pflegen, das ist zumeist das Produkt jenes eindringenden kritischen Prozesses, jener verwegenen Verständigkeit.
Nietzsche

Como é que é?
Ana Gomes

***

Exactamente.

Como é que é?

Desejo-vos um óptimo fim-de-semana.

***


Comments

  1. Albino Manuel says:

    Grande pedante saiu o gramático. Só falta uma citação de Kirkegaard em dinamarquês.

    • POIS! says:

      Pois sim, tá bem Albelha! Lá por isso…

      “Livet må forstås baglæns, men må leves forlæns.”

      Em tradução rigorosa: “Ontem choveu mas o melhor é esperar que amanhã chova outra vez”.

      Parece que foi proferida num dia em que Kirkegaard, já com a mangueira na mão, descobriu que não lhe apetecia regar os tomates (nas horas livres dedicava-se à hortofloricultura).

  2. Albino manuel says:

    Peter Thielst, 1994

    Wikipedia

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.