Daniel Oliveira ARRASA André Ventura

Quando Ana Gomes anunciou a sua candidatura a Belém, André Ventura afirmou, sem rodeios, que se demitiria da liderança do Chega, caso ficasse atrás da antiga eurodeputada socialista.

Várias sondagens depois, com André Ventura sempre atrás de Ana Gomes, que não precisou sequer do apoio oficial do PS para se destacar no segundo lugar em todos os estudos de opinião, o representante da extrema-direita começou a virar o bico ao prego, porque a sua palavra tem sempre o mesmo valor: o que melhor se adequar às suas necessidades momentâneas.

Daniel Oliveira “apanhou-o na curva” (expressão oportuna, nestes tempos áureos do motociclismo nacional), recordando-lhe a promessa do candidato presidencial Ventura, enquanto limpava o chão do Twitter com o político profissional do sistema que diz combater os políticos profissionais do sistema.

Com tanta discussão sobre pandemias, vacinas e crises económicas, ver a extrema-direita ser exposta, todos os dias, sempre vai dando algum alento.

Comments

  1. JgMenos says:

    Nada que uma rejeição da demissão não resolva.

    E sim, a Ana Gomes tem boas hipóteses.
    A peixeirada tem grande popularidade nesta beira-mar.

    • Burro mais burro não há! says:

      ” Nada que uma rejeição da demissão não resolva”
      Já a coerência para ti é palavra vã. Só mesmo um asno, podia pensar de semelhante maneira.

    • Henrique Silva says:

      Diria que a Ana Gomes têm substancialmente menor probabilidade de ser apanhada numa orgia homossexual depois de chorar baba e ranho com o declínio do casamento tradicional… Só por aí já está bem para lá do horizonte face a qualquer típico hipócrita de direita (o diagrama de Venn entre ” ser hipócrita” e “ser de direita” é um círculo a cheio… vá se lá saber porquê..)

    • POIS! says:

      Pois or aí está!

      A explicação da impressionante popularidade de JgMenos em Matosinhos. Nem pode sair à rua tantos lhe querem apalpar as escamas.

      Já para não falar nos Açores onde uma povoação foi mesmo batizada, em sua homenagem “Rabo de Peixe”. Aliás, é uma dupla homenagem, como é evidente.

  2. Filipe Bastos says:

    Já basta aturar esta pulhitiquice todos os dias; será que podemos evitar títulos tribais, adolescentes, palermas, dignos do Trampa ou do fake wrestling, como alguém ARRASA alguém?

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.