Bucha e Estica

Há pessoas que, em posições de poder que representam classes trabalhadoras, tendem a tomar como seu o lugar, quando o que representam são profissionais de diversas áreas. Profissionais esses que merecem o brio de quem os conduz, a honestidade e, acima de tudo, capacidade de isenção. Infelizmente, há certos bastonários que, por mais do que uma vez, têm mostrado esforço em beneficiar, com palavras e com acções concretas, certas cores políticas. Usar cargos de poder em representação de X classe trabalhadora para aparecer e fazer oposição política, tentando compensar o fraco trabalho de quem devia fazer realmente oposição, mostra a falta de carácter, apenas e só, de quem o faz. E também há certos bastonários de ordens que acham que fazem parte de um sindicato.

Se a senhora bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, tivesse tanta noção quanta a vontade que tem de dar beijos de amiga a André Ventura, e se calhar não fazia figuras de otária.

André Ventura dirige-se a adversários chamando-lhes “avô bêbedo” ou “coisa de brincar”, Ana Rita Cavaco dirige-se a uma presidente da câmara como “gorda fura filas” e desculpa a sua própria piada de mau gosto dizendo que foi Isilda Gomes, autarca de Portimão, quem assumiu ser “obesa”. Pois, pá. Todos sabemos que sempre que alguém assume uma doença, isso nos dá o direito de gozar com essa pessoa e com a sua doença. Especialmente quando essa pessoa agiu mal em alguma situação! Por exemplo: sempre que vejo que um obeso não faz o pisca a conduzir, ultrapasso-o e grito “ó gordo, mete o pisca!”.

Vai-se a averiguar e, afinal de contas, foi o deputado do Chega quem deu aulas de etiqueta à senhora bastonária.

Ou então, surpreendentemente, em vez de transmitir COVID-19, aquele “beijo de amiga” em Setembro transmitiu estupidez. Concluindo: podes tirar o Chega do PSD, mas nunca conseguirás tirar o PSD do Chega, sejam militantes, dissidentes ou bastonárias da Ordem dos Enfermeiros.

O que se tem passado com a distribuição das vacinas, segundo o que tem vindo a público, é grave e expõe, mais uma vez, a “chico-espertice” típica dos portugueses e, também, que a família do Partido Socialista é cada vez maior. Mas grave ou não, Ana Rita Cavaco é bastonária da Ordem dos Enfermeiros, não é apresentadora do “Isto é gozar com quem trabalha” e, como tal, não é sua função dizer facécias. E se não sabe onde começa e onde acaba a importância do cargo que ocupa, é porque não merece o cargo que ocupa. Por fim, Ana Rita Cavaco está lá em representação dos enfermeiros e não do PSD e da direita, pois, que eu saiba, ser bastonária não é ser deputada.

Imagino que Ana Rita Cavaco se preocupe com o compadrio. Aliás, preocupa-se tanto, mas tanto, que até contratou Tiago Sousa Dias, seu amigo de longa data, ex-militante do PSD, apoiante de Rui Rio nas directas do partido contra Santana Lopes, braço direito de Santana no Aliança depois do PSD correr com ele e agora activo do Chega e alegado futuro secretário-geral do partido “neo-preconceitos”, a quem a Ordem dos Enfermeiros paga 72 mil euros, a dividir num contrato de 3 anos, desde Março de 2020. Aparentemente, PS e PSD gostam de medir o membro “eu sou mais asqueroso do que tu”.

O que vale é que a qualidade dos nossos enfermeiros não se mede pela qualidade da sua bastonária (que é nula, no caso da senhora Cavaco, se é que ainda é preciso dizê-lo). Neste caso: “Mulher gorda/Ai, a mim não me convém/Eu não quero andar na rua/Com A VACINA de ninguém/E mulher magra/Ai, a mim não me convém/Eu não quero andar na rua/Com A ESTUPIDEZ de ninguém”.

           FILIPE AMORIM/GLOBAL IMAGENS

Comments

  1. Maria João Antunes says:

    O percurso para se chegar a lugares de poder implica, para alguns, muitas piruetas. Agora, a última tendência é um linguajar próximo ao dos carroceiros. BBC
    Já vimos este filme noutras vezes.
    O que me intriga é, sendo esta posição de bastonária um cargo de eleição, quem é que votou nela???

  2. Maria João Antunes says:

    A BBC não era para aqui chamada! Que teclado demoníaco!

  3. Albano de Campos says:

    Esta fulana, é td, menos bastonária !
    A única coisa em k ela é especialista, é olhar pela vidinha dela, futuro politico incluído.
    Como bastonária, é uma nódoa e das + mal cheirosas !!

    • Paulo Marques says:

      Ou seja, é bastonária. As ordens nunca chegaram ao iluminismo, quando mais à decência sindicalista. As outras são todas a mesma merda.

  4. Rui Naldinho says:

    A estupidez da Ana Rita Cavaco está na razão inversa da eficácia do plano de vacinação, montado por este governo. Ou seja, quanto mais estúpida é a “enfermeira Cavaca”, tão novinha e já com um rol de comportamentos demagógicos de fazer inveja a André Ventura, mais cagada faz o governo nesta pandemia.
    Se é verdade que todos temos culpa quanto ao patamar a que chegámos no número de mortos, por culpa própria e coletiva, onde ninguém escapa, incluindo os partidos da oposição, já quanto ao plano de vacinação, não se pode culpar os portugueses per si, nem a Oposição parlamentar, mas sim o governo. Já agora, uma casta de burocratas, muitos ligados aos partidos a nível regional e autárquico, e à boyada que gravita em torno do Estado, cuja incompetência vem ao de cima, em alturas críticas e de forte pressão social.
    De facto percebe-se agora que nunca houve um plano de vacinação, mas sim medidas avulsas, dadas numa qualquer folha de A4, com uma elasticidade tal, que cada um fazia o que queria.
    O governo tinha elegido numa primeira fase os prestadores de Serviços de Saúde, e bem, que estavam na linha da frente no combate à pandemia.
    Depois os bombeiros, proteção civil e Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas, vulgo lares. Mas nos lares o que é que é elegível?
    Como é óbvio, só os que estão na linha da frente. Idosos, enfermeiros, assistentes sociais e pessoal auxiliar de apoio aos serviços da ERPI. Tudo 9 que é administrativo e directivo, não está nesse patamar, a não ser, excepcionalmente, que a pessoa em causa tenha mais de oitenta anos, sendo no entanto autónoma e capacitada. Há alguns casos, mas raros.
    Presumo que no Hospital de São João, Santa Maria, Santo António, Curry Cabral, etc, etc, não foram vacinados todos. Falo do pessoal que lá trabalha, claro. Seguramente mais de metade, se comparamos com o número médicos e enfermeiros aí vacinados.
    A bastonário da Ordem dos Enfermeiros não passa de um pau mandado. Roça a boçalidade. Mas como é de direita, está protegida da crítica jornalística, e dos “comentadeiros da treta” que proliferam nos média nacionais. Fosse o Mário Nogueira e era um fartote de críticas.
    Mas isso é um problema dos enfermeiros.
    Já a borrada no plano de vacinações, prejudica toda a gente e irrita-me solenemente. Porque isso já mexe com a minha qualidade de vida e a dos meus mais directos, especialmente os mais velhos. Demonstra que o PS faz muita propaganda e muita mise en scéne, mas na hora da verdade está rodeado de incompetentes.

    • Filipe Bastos says:

      …mas na hora da verdade está rodeado de incompetentes.

      Quase lá, Naldinho, só falhou o final: se o PS está rodeado, quem o leia ainda pensa que os incompetentes lhe são alheios.

      Como quem diz: o PS até pensa / quer bem, mas depois chegam lá uns incompetentes e estragam tudo.

      Neste universo e dimensão, nada que venha do Partido Sucateiro é competente ou bom; se o for é-o por acaso ou porque deu jeito; e se o deu foi ao PS, antes e acima de todos os outros.

      Crê-se que os buracos negros absorvem tudo à volta; assim é o PS. Vacinas, escolas, estradas, barragens, cagalhães, aeroportos, impostos, esmolas europeias, tudo é sugado e digerido. Se algum dia um buraco negro encontrar o PS, não sei quem se fica a rir.

      • Paulo Marques says:

        Porra, o PS destrói sozinho o país e ele continua de pé; ele há coisas milagrosas! É o diabo a testar-nos!

  5. Paulo Marques says:

    Noutras andanças, onde também há esperos, discute-se onde andam as vacinas e como é que houve mais um milagre desaparecido. Cá, continua-se a preparar terreno ao coisinho ao discutir um problema grave e de polícia, mas de pequenas proporções que em pouco muda o resultado final. Vamos bem.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.