Hank Schmidt in der Beek – Und Im Sommer Tu Ich Malen

Hank Schmidt in der Beek – o artista plástico alemão que vai até sítios com paisagens incríveis e pinta… o padrão das suas camisolas. As fotografias são do também alemão Fabian Schubert.

Numa tentativa de criticar o egocentrismo artístico, usando o sentido humor e a originalidade, a dupla de artistas alemães desloca-se geralmente a algum lugar cativante, que pode passar por uma montanha, uma mata ou um monumento histórico e, uma vez aí instalados, Hank começa a pintar por sobre uma tela branca o padrão das suas camisolas… ao invés da beleza que tem à sua frente. As imagens são captadas pelo fotógrafo Fabian Shcubert e foram imortalizadas num livro fotográfico, Und Im Sommer Tu Ich Malen, que traduzido à letra significará qualquer coisa como “E No Verão Eu Pinto” (aqui recorri ao tradutor, como tal, poderei estar 100% errado).
Pintura, fotografia, crítica social e humor, de mãos dadas e a provar que é possível fazer “arte absurda” com significado e substância, sem que se usem os “limites da arte”, ou a sua putativa inexistência, como um trunfo para criar, apenas e só, riqueza (como bananas coladas numa parede com fita adesiva ou obras que só existem na mente – perturbada – do autor e que são vendidas por milhares de patacas).
Aqui ficam algumas imagens.
                                       

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.