Diz que não descai só para a esquerda…

A partir de hoje, só como gays de direita: assim sei que estou a foder o capital.

Comments

  1. Antonio Manuel Martins Miguel says:

    Comam-se uns aos outros, façam o que bem entenderem, constituam as “lojas” que quiserem, para se defenderem e protegerem mutuamente, para serem uma força de interesses instalados e de colocações em lugares de poleiro-chave, mas….:
    Não lixem os portugueses, não invadam outras áreas, sejam comedidos, não queiram ser uns previligiados no tecido nacional, já por si empobrecido, mas formado por gente honesta. Calem-se e reduzam-se à sua insignificância

    • POIS! says:

      Pois, pois!

      Aguarda-se com impaciência o segundo volume da minaz triologia Migueliana:

      “Quando Amar e Viver Nos dá Para Comer – Introdução à Moderna Antropofagia”.

    • Paulo Marques says:

      É formado por gente honesta, por isso é que empobrece.

    • João L Maio says:

      António, ó bicha…

      Não se reprima. Deite tudo cá para fora. As opiniões são como os peidos, se os os prendemos, ficamos inchados. Peide-se à vontade, António, ainda que pela boca.

  2. António Manuel M Oliveira says:

    Na verdade a esquerda revolucionária venezuelana e cubana, têm cuidado muito bem do seu povo

    • João L. Maio says:

      Receita de punheta de bacalhau:

      Preparação
      Passo 1
      Basta desfiar umas postas do lombo do bacalhau préviamente demolhado, retirar peles e espinhas. Se for para servir como entrada deve-se desfiar bem fininho, para isso envolve-se o bacalhau já desfiado num pano limpo e esfrega-se bem.
      Passo 2
      Juntar alho bem picadinho e cebola a gosto, cortada em tirinhas ou picada e temperar. O tempero é também ao gosto de cada um, pode ser com um bocadinho de pimenta moida, salsa picada, vinagre, mas o que não pode faltar é azeite do bom e muito, para no fim molhar uns pedacinhos de pão ou broa.
      Passo 3
      O acompanhamento pode ser uma salada a gosto, de agrião ou alface, no meu caso foi mesmo tomate e pepino. Eu adoro assim simples, há quem adicione outras coisas, ovo cozido, pimentos e azeitonas por ex.

    • Paulo Marques says:

      Hmmm, deixa ver, essa esquerda, ou a direita Chilena, boliviana, nicaraguense, brasileira, colombiana, Argentina e sei lá mais quem armado pela hegemonia a espalhar a liberdade de trabalhar na miséria para a manutenção desta. Difícil, difícil.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.