IRS e bazuca – preparação das legislativas de 2023

As alterações dos escalões de IRS a serem propostas para o OE 2022 incidirão, obviamente, sobre os rendimentos de 2022. Significa que a diminuição de impostos que venha a existir, seja em maior ou menor escala, será visível em 2023, algures entre Abril e Junho, na altura do reembolso.

Este anúncio terá impacto real nas vésperas das legislativas de 2023.

Quanto ao ouro do Brasil, perdão da bazuca, quero dizer, a oportunidade irrepetível (depois do dinheiro da CEE, fundos estruturais, etc.), digo, do PRR, neste ano já nada acontecerá. Para o ano será a apresentação e aprovação de projectos. Os quais se concretizarão em 2023. Ano de legislativas.

Ao se manifestarem contra o OE, PCP e BE já terão feito as contas eleitorais. O PS também.

Comments

  1. Rui Naldinho says:

    No centro do alvo, Jorge.
    Está-se mesmo a ver que os “timings” do PS e da restante oposição à esquerda, não coincidem. Enquanto uns tentam sobreviver com a sua agenda próxima, por vezes um pouco demagógica, mesmo tendo por princípio a realidade do país, o PS faz demagogia com o PRR desde a sua aprovação. Aliás o PS é o campeão da demagogia. Já a PàF, o campeão da miséria alheia. É aí que entra a chamada esquerda anti sistema. Obrigar o PS a fazer alguma coisa do que promete, mas raramente cumpre.
    Constatou-se que para as eleições autárquicas, nos grandes centros urbanos, pelo menos, esses anúncios do PRR não funcionaram. O PS ficou avisado, apesar da sua já célebre memória curta.
    Talvez fosse bom que toda a esquerda aprendesse um pouco com estas eleições autárquicas, mas sobretudo com o passado longínquo.
    A ver vamos.

  2. Filipe Bastos says:

    Talvez fosse bom que toda a esquerda aprendesse… A ver vamos.

    Sim, sim. Vamos botando o botinho e esperando, né?

    Foram só 40 anos disto, é cedo para tirar conclusões.

    Como era a frase atribuída a Einstein… “insanidade é continuar a fazer a mesma coisa e esperar resultados diferentes”?

    Pois é. Estamos no caminho certo.

  3. estevesayres says:

    Sem sombra de dúvida, a vontade do capitalista consiste em encher os bolsos, o mais que possa. E o que temos a fazer não é divagar acerca da sua vontade, mas investigar o seu poder, os limites desse poder e o caráter desses limites.

    Karl Marx

  4. JgMenos says:

    Partidocracia é primcípio constitucional.
    O país que se f*!

    • POIS! says:

      Pois não me diga!

      V. Exa afinal chama-se…JgMenos País?

      Quem diria! Bem, o apelo fica feito! Há de haver interessados!

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.