As tabelas de preços do ensino privado

O  Nuno Domingues  viu o preço das escolas privadas com contrato de associação, quando paga o estado, e foi ver quanto pagam os pais que pagam (é suposto que as turmas subsidiadas sejam à borla) em algumas destas beneméritas instituições.

Nós pagamos 4522 euros, em média, por aluno e por ano, preço de tabela, os pais têm desconto e pagam nalguns colégios 2500 euros, preços de outra tabela.

Ou seja: estava completamente enganado quando, perante o Relatório do Tribunal de Contas, constatei nas suas próprias conclusões como o privado é mais caro que o público, tendo em conta uma maior oferta de soluções e recursos educativos e os cortes recentes na educação perante uma diferença mínima calculada (e note-se que foi impossível isolar todos os custos contabilizáveis do público, inflacionando o resultado médio obtido).

Afinal o ensino privado com contrato de associação fica-nos mais caro mas é mais barato. [Read more…]

A quanto está o aluno?

É inegável a importância de se saber quanto é que o Estado gasta, seja em que área for. Não é menos importante, no entanto, lembrarmo-nos de que existe vida para além dos ficheiros de excel. Os contabilistóides que gerem a pasta da Educação vivem obcecados com custos, embora vivam pouco preocupados com valores: entre o excel e a vida, prescindem da segunda.

Saber quanto custa ao Estado cada aluno é, então, importante. Essa questão tem sido constantemente colocada ao longo dos últimos anos, sempre com a preocupação de tentar descobrir as diferenças entre o que custa um aluno de uma escola pública e um aluno de uma escola privada com contrato de associação.

A comissão parlamentar de Educação pediu ao Tribunal de Contas um estudo sobre o assunto. Em Maio deste ano, Oliveira Martins fazia referência a esse estudo que acaba de ser divulgado e que já mereceu um primeiro comentário do João José, com ligação para a notícia saída no Público e para o estudo propriamente dito. [Read more…]