A propósito dos dias de hoje 

E do dia de hoje, em particular, uma história com alto patrocínio no domínio das recomendações.

Chegou a Maria Filomena Mónica, evacuar as mulheres e crianças primeiro

Em defesa de Rui Ramos (doutorado em Ciência Política pela Universidade de Oxford) acorre hoje, no Público, Maria Filomena Mónica (doutorada em Sociologia pela Universidade de Oxford) acusando Manuel Loff (doutorado em História e Civilização pelo Instituto Universitário Europeu) de ser “um fanático”.

Depois de assumir isto

Nunca ouvira falar de Manuel Loffe (sic) teria vivido bem sem com ele me ter cruzado nas páginas deste jornal.
Suponho que a direcção não o chama à pedra devido ao medo de ser acusada de censura.

o delírio chega ao ponto de escrever:

Li a História de Portugal, coordenada por Rui Ramos, de ponta a ponta. O seu autor é de direita e eu sou de esquerda

Maria Filomena Mónica é de esquerda? pois sim, e invocando os Grandes Mários, eu sou a Josefa de Óbidos.

Texto da Separata Gratuita de Mário Henrique-Leiria

Poesia & etc. – Manuel da Fonseca

Esta série que hoje inicio tem um formato diferente das que anteriormente dediquei à poesia – neste espaço vão conviver poetas famosos, poetas populares, poetas menos conhecidos… Não será apenas gente já falecida – em alguns casos falarei de poetas vivos. E, de vez enquando, meterei um poema meu.. Para começar escolhi o Manuel da Fonseca, grande poeta e ficcionista.

Falei com Manuel da Fonseca por duas vezes. A primeira, faz hoje (precisamente) 50 anos, foi na noite de 2 de Janeiro de 1960. Como é posso referir com precisão, a data? Porque sei que foi no Inverno de 1960, no dia do aniversário do Mário Henrique Leiria (foi só ver em que dia tinha nascido – 2 de Janeiro de 1923).

Um grupo numeroso – o António José Forte, o Virgílio Martinho, o Saldanha da Gama, o Henrique Tavares e mais alguns de que não me recordo, fomos convidados para a festa de aniversário do Mário Henrique. Quando chegámos à Vivenda Maria Xavier, em Carcavelos, residência do Mário, uma das pessoas que já lá estavam, era o Manuel da Fonseca. [Read more…]