L Mirandés : Ũa Lhéngua Minoritaira An Pertual

aventar

A nossa riqueza cultural, nem sempre reconhecida, e muitas vezes desconhecida pela maioria da população portuguesa, tem, na língua falada e escrita, um lastro civilizacional  universal. Numa época em que a uniformização de tudo está na ordem do dia, temos o dever de salvaguardar a diferença. Falamos da segunda  língua oficial portuguesa, o Mirandês. Língua minoritária, é ignorada, ou melhor, é tolerada pelos sucessivos poderes públicos (com honrosas excepções). É olhada muitas vezes como uma excentricidade  de meia dúzia de habitantes das Terras de Miranda.  Pelo contrário, é algo do qual nos deveríamos orgulhar, respeitar, e divulgar.

Por isso, e chegado o Aventar ao  Concurso de Blogs do Ano, onde disputamos o prémio, apresentamo-nos também em Mirandês. Agradecemos a dois ilustres mirandeses, a Celina Pinto, que nos ligou a esta realidade, e a Alfredo Cameirão, que traduziu a apresentação.

Apresentação do Aventar nas duas línguas oficiais de Portugal, português e mirandês: O Aventar / L Aventar.

Morreu Amadeu Ferreira

Eu gostava de ter nascido ali, onde a Linha do Sabor termina precocemente, ali perto de Miranda do Douro, quadrante nordeste de Portugal e pátria do mirandês, segunda língua oficial de Portugal por cuja consagração Amadeu Ferreira inteligentemente pugnou. Gostava de o ter conhecido, assim não calhou.
Espero que agora (e nunca é tarde), e de forma também inteligente, a autarquia de Miranda do Douro bana, finalmente, as ementas dos muitos restaurantes da ínclita cidade escritos em castelhano. Que os afixem em mirandês, que isso é raro e isso eu não tenho em mais lado nenhum de Portugal. Valha-nos a boa música.

Die de la Lhéngua Mirandesa

Hoje é o dia da língua mirandesa.

Nós tenemos
muitos nabos
a cozer nua panela,
nun tenemos
sal nien unto
nien presunto nien bitela [Read more…]