A canção que resolve os problemas

soaresdossantosAlexandre Soares dos Santos, após uma investigação decerto aturada, descobriu que não é a cantar a Grândola que se resolvem os problemas. Apesar da minha paixão pela música de Zeca Afonso, devo dizer que, em parte, concordo com o chairman da Jerónimo Martins.

Miguel Relvas tentou cantar a Grândola em Gaia e não conseguiu resolver o problema, criando mais um, o da desafinação. Para além disso, depois de, em 1974, ter ouvido e cantado várias vezes a Grândola, não consegui resolver dois problemas que me surgiram no exame de quarta classe.

Pelas palavras de Alexandre Soares dos Santos fico, no entanto, com a impressão de que ele conhece a canção que resolve os problemas. Ter-lhe-ia ficado bem partilhar, patrioticamente, uma descoberta tão benfazeja. Julgo, contudo, ter descoberto um grupo de três temas musicais entre os quais será possível descobrir o segredo da canção que resolve os problemas. [Read more…]

Almoço Aventar, em Coimbra e numa Porta Romana

Poucos mas bons,  e só faz falta quem está, decorreu mais um calmo e tranquilo convívio dos escribas desta casa.

Três duelos marcados (não tenha finalmente vindo do nevoeiro o nosso Nuno Castelo Branco), florete, pistolas e penas, padrinhos combinados, o sangue voltará a escorrer nos próximos dias, como é quotidiano de um blogue pluralista.

Manjados o  arroz de entrecosto em vinha d’alhos (a escorrer), as pataniscas (do mais fidelíssimo amigo), os peixinhos da horta (ainda na fase de aprendizagem natatória), pequenos carapaus (muito pequenos não contem a ninguém), os rojões (no ponto), o esparregado (nacional, sim e é bom) e os chocos (falando algarvês com pronuncia beirã).

Na foto acima, em destaque, do lado esquerdo o cozinheiro do restaurante Porta Romana, em Coimbra, a quem agradecemos. Os outros são os que estavam. E esta Fernando, é para ti: