Almoço Aventar, em Coimbra e numa Porta Romana

Poucos mas bons,  e só faz falta quem está, decorreu mais um calmo e tranquilo convívio dos escribas desta casa.

Três duelos marcados (não tenha finalmente vindo do nevoeiro o nosso Nuno Castelo Branco), florete, pistolas e penas, padrinhos combinados, o sangue voltará a escorrer nos próximos dias, como é quotidiano de um blogue pluralista.

Manjados o  arroz de entrecosto em vinha d’alhos (a escorrer), as pataniscas (do mais fidelíssimo amigo), os peixinhos da horta (ainda na fase de aprendizagem natatória), pequenos carapaus (muito pequenos não contem a ninguém), os rojões (no ponto), o esparregado (nacional, sim e é bom) e os chocos (falando algarvês com pronuncia beirã).

Na foto acima, em destaque, do lado esquerdo o cozinheiro do restaurante Porta Romana, em Coimbra, a quem agradecemos. Os outros são os que estavam. E esta Fernando, é para ti:

Comments


  1. Atesto e recomendo. Grande qualidade e enorme simpatia se encontra no Porta Romana. Já agora, quando é o próximo aventalalmoço?


  2. Não seja o avental na forma de triângulo, é uma boa pergunta.

  3. Margarida says:

    Sou admiradora do professor Arnaldo. Ele está na fotografia?

  4. carlos fonseca says:

    Foi mesmo excelente. Petiscos saborosos e, sobretudo, deliciei-me com os ‘peixinhos da horta’. Há, no entanto, outros bons no ‘Aventar’, para além dos presentes – ou seja, “há mais vida para além do deficit”. Programe-se, pois, o próximo, venha quem vier.


  5. Algum dia teria de falhar um repasto do Aventar e teve de ser hoje, infelizmente, mas agradeço a foto e saúdo os convivas com um especial abraço para o “homem da casa”, da fantástica Coimbra que desde o dia em que vi o meu Porto vencer os lampiões no velho estádio da Académica e depois da 360º Tour ficou no meu coração, acrescida de nela viver o nosso JJC!!!


  6. Um grande abraço a todos. Não tive hipótese de estar convosco.

  7. miguel dias says:

    Folgo vê-los com tão bom aspecto.
    Muito em especial aquela dama nas mãos do Ricardo.
    Saudações mangolés e benfiquistas (o que como vocês sabem é quase a mesma coisa).


  8. Foi, de facto e como de costume, um convívio à moda do Aventar, calmo, tranquilo e salutar. Mais uma vez, e a par de uma enormidade de petiscos, houve pluralidade de opiniões, o que nos enriqueceu.
    Pela minha parte, revi amigos e ganhei mais um.
    Poucos mas bons, fomos os que fomos.

Trackbacks


  1. […] de minutos, obrigando à espera de quase uma hora pela ligação seguinte. Situação ainda recentemente verificada em Coimbra-B, com a ligação para Coimbra daí a uma hora, tendo uma ligação saído […]


  2. […] tradição o Consilium Magum Aventarum, ou parte dele, reunir-se por obra do Caminho de Ferro. Em anterior iteração descobrimos que velhos hábitos de perder a ligação porque esta havia partido cinco minutos antes […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.