Vamos falar de sexo?

Vamos.

1) «Susana brinca na cama com o marido a nomear figuras públicas durante o ato sexual».

ato

2) «Este é um projecto Expresso/SIC que seria impossível de levar a cabo há vinte anos – até mesmo há dez -, sinal dos tempos e das mudanças que vão acontecendo na sociedade portuguesa».

projecto

3) Está tudo dito.

Cúmulo do sadismo revisitado

sadomasoquismo

A versão clássica era conhecida:

O masoquista diz para o sádico:

– Bate-me.

Ao que ele responde:

– Não.

Paulo Portas acaba de inventar outra:

O sádico avisa o masoquista pela comunicação social:

– Vou-te bater.

O masoquista aguarda. O sádico fala fala fala e termina assim:

– Hoje não, mas não perdes um orçamento pela demora.

O fetiche de Catroga

Catroga. “Paulo Portas devia ser amarrado”