Cúmulo do sadismo revisitado

sadomasoquismo

A versão clássica era conhecida:

O masoquista diz para o sádico:

– Bate-me.

Ao que ele responde:

– Não.

Paulo Portas acaba de inventar outra:

O sádico avisa o masoquista pela comunicação social:

– Vou-te bater.

O masoquista aguarda. O sádico fala fala fala e termina assim:

– Hoje não, mas não perdes um orçamento pela demora.

Comments

  1. Bento Norte says:

    O outro é mais, com qualquer coisa e bolos se enganam os tolos.


  2. Gostava de foder um cu e depois ir à cona.
    Orgia sangrenta.
    Sou discípulo do Demónio.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.