O ser humano será uma causa perdida?

É esta a pergunta que Frei Bento Domingues faz hoje no PÚBLICO.

Depois dos últimos dois acontecimentos (a morte da menina de 9 anos em Gaia e o massacre em Newtown) a questão faz todo o sentido.

Não transcrevo todo o texto, apenas a sua conclusão: “São os caminhos de inclusão ou de exclusão que avaliam o coração das pessoas, das famílias, das sociedades e das políticas.”

Para pensarmos juntos.

Nojo

As palavras são de um génio e foram maravilhosamente escritas: We hold these Truths to be self-evident, that all Men are created equal, that they are endowed by their Creator with certain unalienable Rights, that among these are Life, Liberty and the Pursuit of Happiness (Thomas Jefferson, 1776.07.04, A Declaration by the Representatives of the United States of America).

É, pois, profundamente repulsivo que os, estupidamente, denominados “avanços civilizacionais” nos estejam a encaminhar para uma sociedade em que a qualidade de vida se torna no elemento definidor da própria sobrevivência do ser humano. Abriram-se e continuam-se a abrir portas para que o direito de outrem à vida dependa, em absoluto, da sua futurológica “quality of life”.

[Read more…]

Mais um 2010

(adão cruz)

O mais recente trabalho, que eu dedico à dignidade do ser humano.