Faça um depósito, ganhe o brinde!

nunp crato
Nuno Crato (peço desculpa ao honrado Concelho alentejano com o mesmo nome, mas o homem assina assim…) tirou um novo coelho – soit-disant – da sua piolhosa cartola. A partir de agora – “ai, tia, que coisa tão chic…”- os testes de inglês do 9º ano (leram bem, nono ano) serão elaborados em Cambridge, patrocinados por um banco, duas editoras e uma empresa de software ( e, quem sabe, “por uma bebida qualquereee…”).

Exultai, alunos. Não mais aqueles professores portugueses licenciados em Universidades propriamente ditas e cheios de vontade – têm dito os governos do centrão aos vossos pais e, sobretudo, seus eleitores – de reprovar as suas discentes vítimas. Agora a coisa será “autonomizada” ( ou “externalizada” – adoro estes neologismos… ) , diz ele, consignada a privados que, como se sabe, são peritos nestas matérias e impolutos como jamais serão os serviços públicos, garantem-nos. E patrocinada!

Estou a ver tudo: acabaram-se os trabalhos da GNR e os complexos e confiáveis processos de segurança e sigilo que sempre vigoraram; agora são os bancos – entidades de bem-fazer em que se pode confiar!- , as editoras – que são completamente desinteressadas nesse sigilo, claro – e uma empresa de software que sempre pode dar uma ajuda a pescar um enunciado antes dos outros.

Que outros, perguntareis? Bom, aqueles que esperarão por uma promoção antes da época de exames. Do género: “abra uma conta no nosso banco e ganhe um subscrito-surpresa com um enunciado-mistério lá dentro”. Ou: “a nossa editora patrocina a elaboração de um exame numa famosa Universidade inglesa; adivinhe qual e compre o nosso manual com anexos exclusivos que nenhuma outra editora conhece!”. Enfim, tudo transparente, tudo económico, tudo inteligente. E, sobretudo, muita gente feliz, incluindo os of-shore por onde continuarão a circular os cabedais que sempre pingam nestas negociatas. Espero que não deixem de nos informar quem são os cúmplices desta operação. Gosto de saber quem devo boicotar.

Comments

  1. antonio cristovao says:

    a ideia não será que se fique mais conforme as perguntas que se encontram quando se faz o exame para trabalhar ou viver em Inglaterra?


  2. Então já faliu a Cambridge school de Lisboa onde estudei quando fiquei na rua de um serviço que foi exonerado ?? É aqui pertinho e pode-se ir a pé ou de biciclete

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.