A desobediência que se impõe

Pois é Carla, parece que não é só no preço da electricidade que Portugal lidera o ranking. Aparentemente, também somos líderes no que diz respeito ao preço da gasolina, ultrapassados apenas pela Grécia, Itália e 4 outros pobres países.

Tal como a EDP, a GALP também não se depara com dificuldades financeiras e também distribui dividendos milionários aos seus accionistas, à custa de um preço asfixiante que é cobrado aos portugueses através da imposição de um dos cartéis mais poderosos e protegidos do país.

Como disseste, e bem, “Quando a lei é injusta, a desobediência impõe-se”. Até quando estaremos dispostos a ser submissos? Será que algum dia seremos capazes do nos insurgir verdadeiramente contra a elite que nos comanda? A desobediência impõe-se mas insiste em não sair do armário.

Comments


  1. Esta pandilha que nos governa já destruiu o tecido económico e social do país, pelo que só podem esperar mais conflitualidade e violência.. A violencia que ainda está no
    armário, só aguarda pela chispa e nem os anúncios de
    futebol em canal aberto chegarão para enganar o zé.


  2. devemos nacionalizar os poços da galp já camarada

    e a auto-europa para exportarmos mercedes para os camaradas chineses…..ou para os social-fascistas dos hindus….

    a auto-europa é nossa…abaixo a troika


  3. Se pudesse colaborar com o aparecimento dum carro electrico portugues funcional e economico estava na primeira linha. Tambem se houvesse uma entidade que estivesse disposta a importar gasolina passando a maior parte das vantagens para o cliente tambem estaria na linha da frente.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.