É isto

– Ó pá, cuidado, não vás por essa rua que está ali um prédio a cair.
– Estás-me a ameaçar! Tu queres é que o prédio caia. Assassino!

Comments

  1. AACM says:

    ” Fanatico e aquele que nao muda de ideias nem consegue mudar de assunto ” WINSTON CHURCHILL

  2. Hugo says:

    “Eles ou saem enquanto têm tempo ou qualquer dia, como dizia há uns dias em Alcáçovas, vão ser corridos à paulada, se não for pior”, Vasco Lourenço dixit. Acho que isto é bastante diferente do diálogo imaginado neste post.

    • A diferença entre a 1ª pessoa e a 3ª pessoa, nas conjugações verbais, aprende-se antes de chegar à escola. Mas é verdade que demora uns anos a interiorizar.

      • Hugo says:

        Em todo o caso, continua a ser uma afirmação muito diferente da conversa imaginada no post.

        A propósito, o TC já passou a ser dos maus outra vez?

        • É a mesma conversa, excepto para quem à falta de argumentação passa a desconversar. Quando lhes cair o prédio em cima chamem o Vasco Lourenço, que ele desta vez não aparece.
          Eu não ataco tribunais. Deixo essa triste figura para a extrema-direita.

          • Hugo says:

            Cada um interpreta os textos como quer. Eu por exemplo interpreto igualdade como todos trabalharem 40 horas por semana. Mas há quem ache que igualdade é uns trabalharem 40 e outros 35. E a conversa imaginada no post continua a ser muito diferente do que se disse na reunião da semana passada, que seria mais parecida com algo como:
            “- Ou vais por essa rua ou ‘alguém’ te parte todo”.

          • nightwishpt says:

            Há tanta gente que vai continuar a trabalhar abaixo e acima das 40h que isso é um disparate.
            Sem falar aqueles que trabalham na conversa todo o dia, mas dizem que os outros é que não produzem.

        • nightwishpt says:

          Não, o TC cumpriu o que está na constituição, não há grandes dúvidas sobre a matéria.

  3. nightwishpt says:

    Sorte têm eles de conseguir sair à rua… Até ao dia.

  4. Pior que estes comentários só o Eanes a falar.

  5. AACM says:

    ” O Tribunal Constitucional decidiu que os trabalhadores da função pública vão ter mesmo de cumprir 40 horas semanais, em vez das 35 que vigoram actualmente. ” ……agora vai cair o carmo e a trindade.

  6. AACM says:

    ” O aumento do horário de trabalho de sete para oito horas diárias aplica-se, genericamente, a todos os funcionários, mas na prática há excepções. Os professores negociaram um regime próprio, que permite que possam prestar este trabalho extraordinário em casa. Os médicos continuarão a usufruir da regra que determina que o aumento de horário seja acompanhado de uma subida salarial. Alberto João Jardim anunciou que não vai aplicar a medida na Madeira. “…..a serio ?

    • Hugo says:

      “Artigo 13.º
      Princípio da igualdade

      1. Todos os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais perante a lei.

      2. Ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.”

      O problema é ser só no princípio, porque quando chega a meio já Deus sabe onde vai a igualdade e então quanto chega ao fim, nem digo nada, coitadinha da igualdade.

    • nightwishpt says:

      A Madeira tem um regime próprio, não sabia?
      Parabéns, mais um corte de 16% no ordenado dos mesmos. Isso é que é igualdade.

  7. O Hugo e o AACM( até parece uma sigla dos alcoólicos anónimos),são umas nódoas que se julgam adornos…ó Huguinho, filho, vá lá, ágora muda de cadeira. Hoje já podes cantar loas ao Tribunal….amanhã, voltas a piar ,mas talvez ao contrário.Vai uma aposta?

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.