O adiantado

Nunca gostei de Braga de Macedo, nem como ministro nem como comentarista. O seu descomunal ego esmagava-lhe o mérito que eventualmente tivesse (e que, valha a verdade, independentemente de questões muito técnicas, nunca lhe vislumbrei). Mas só hoje constatei que o homem pode portar-se como um verdadeiro canalha, ao ver-lhe uma intervenção num forum internacional sobre a Constituição da Republica Portuguesa.

Lambendo os pés – pelo menos – aos donos, mentiu, conspirou contra os interesses do seu próprio país, exibiu a moral de um rato de esgoto. E era a esta criatura que alguns jornalistas muito populares cá na praça chamavam “adiantado mental”.

Comments

  1. Mário Machaqueiro says:

    A isso há que acrescentar a forma absolutamente miserável como esse sujeito tem dirigido o Instituto de Investigação Científica Tropical – não se percebendo que currículo tem ele para estar à frente dessa instituição (a não ser o do cartão partidário), menosprezando os investigadores que lá trabalham e atropelando os direitos laborais de quase todos os seus funcionários. Entretanto, esta mísera personagem não hesita em utilizar os dinheiros públicos em proveito dos seus próximos, como sucedeu no caso de uma instalação fotográfica que a sua filha expôs num país lusófono (não me recordo qual), paga com fundos do IICT. Um cromo da nação (ou, como dizia o outro, da nacinha).


  2. É tudo isso mais o monte alentejano que comprou por X e declarou YouTube para efeitos de impostos.E mais isto: Ana Macedo, artista plástica, fez uma exposição em Maputo em Julho de 2011 que beneficiou do apoio do Instituto de Investigação Científica Tropical (IICT), cujo conselho directivo é presidido pelo seu pai, Jorge Braga de Macedo. A história vem contada no Expresso online pelo comentador político e jornalista Daniel Oliveira.

    O jornalista concluiu neste caso estar-se perante um “comportamento eticamente inaceitável”. E deixou duas perguntas: “Com que critérios usou dinheiros do Estado (pouco ou quase nada, tanto faz) para apoiar a carreira da sua própria filha?Como explica o mais despudorado dos nepotismo na gestão da coisa pública?” Desabafando, a rematar o artigo, que tanto “desplante” o deixa “cansado”.

    Oliveira descreveu o caso partindo das denúncias do blogue de um português residente na capital moçambicana ((http://ma-schamba.com/) . Acrescentou-lhe investigação própria (“uns telefonemas e umas buscas na Net”) e concluiu: o apoio do IICT à exposição de Ana Macedo foi feito através de uma parceria deste instituto com a Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa. Mais: em Março de 2010 a artista plástica beneficiara desta parceria para uma outra exposição, no caso sobre a vida do seu avô (e pai de Jorge Braga de Macedo), o historiador Jorge Borges de Macedo.

    Braga de Macedo tem visto nos últimos dias o seu nome envolvido em polémica. O ex-ministro das Finanças de Cavaco – e colaborador do primeiro-ministro no redesenho da diplomacia económica – é uma das seis personalidades afectas à maioria PSD/CDS escolhidas para cargos na EDP – escolha em que o primeiro-ministro rejeitou ontem ter tido qualquer influência, atribuindo-a antes aos accionistas privados da empresa.

    Questionado pelo DN, Jorge Braga de Macedo respondeu por email(invocando estar em reunião): “Como explicado no site do IICT, tratou-se de uma parceria com a Faculdade de Letras e a Universidade Lúrio, não tendo havido qualquer apoio do IICT contrário à lei ou à ética.”


  3. Errata: onde se lê YouTube deve lêr – se Y.
    Escrevi Y mas o equipamento que é muito inteligente achou que eu estava enganado e resolveu corrigir.

  4. Joam Roiz says:

    Á mulher de César… Mesmo que a fotógrafa possa ser uma artista com valor, Braga de Macedo tinha a estrita obrigação moral e ética de não “patrocinar” a filha. Mas sejamos honestos: o mal, infelizmente, não vem só da direita. Na esquerda, também se há quem engendre “arranjinhos” semelhantes. Diz-se que é “da natureza humana”…!!!

  5. Pedro Esteves says:

    Caros Amigos,

    Estou a promover a Petição: «SUSPENSÃO DO AUMENTO BRUTAL DA FACTURA DA ÁGUA NO RIBATEJO» no endereço http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT71740

    Pessoalmente concordo com esta petição e cumpro com o dever de a fazer chegar ao maior número de pessoas, que certamente saberão avaliar da sua pertinência e atualidade.

    Agradeço que subscrevam a petição e que ajudem na sua divulgação através de um email para os vossos contactos.

    Obrigado,

  6. lidia sousa says:

    O ADIANTADO MENTAL ENGRAXADOR DO CAVACO HÁ DIAS INAUGUROU UMA PLACA NO JARDIM TROPICAL, ONDE A MARIA E O ANIBAL FORAM ÀS ESCONDIDAS POIS O JARDIM ´ É NAS TRASEIRAS DO PALACIO. LEVARAM LÁ UMAS CRIANCINHAS DOS COLÉGIOS PRIVADOS. a Maria que é olho vivo viu que o adiantado mental se enganou no numero de Presidentes da Republica. O Servil e capacho Braga de Macedo pediu desculpa pelo êrro e o Anibal no seu sotaque do Politecnico de York onde estudos finanças publicas, disse uma gracinha, embora não tenha graça nenhuma “Oh Jorge nobody is perfetc”. Agora vai para o estrangeiro fingindo ser um académico difamando o Tribunal Constitucional, quando este se limita a seguir as normas de todos os Tribunais democraticas da Europa. Este canalha deve ter os bolsos bem cheios com as privatizações e agora como o Sócio dele morreu o canalha Antonio Borges, deve receber a dobrar e ainda por cima. mesmo reformado está a receber balurdios da EDP por isso em Janeiro a electricidade vai aumentar novamente. ALI BABÁ E OS 4O LADRÓES TOMARA, CONTA DO PAÍS

  7. Alexandre Carvalho da Silveira says:

    Este “Aventar” tornou-se numa tribuna de escárnio e mal-dizer ao sabor estalinista: uma mentira dita mil vezes, passa a ser verdade.
    O Braga de Macedo pode ser criticado pelas suas opiniões politicas ou técnicas. Mas como se comprovou, a história do patrocinio do IICT à filha dele não é verdade, o Instituto não entrou com um centimo, é apenas mais um contributo da esquerda à construção da história de Portugal, que anda há 40 anos a ser escrita, lá à maneira deles.
    E como é sabido, para os bempensantes “quem não é de esquerda, não é bom chefe de familia”.


  8. Tirem-me o Braga de Macedo da frente – e se o aventar actualmente diz muito mal se calhar não há bem a dizer de nada que valha a pena – só me incomoda quando a linguagem baixa de nível pois de resto para haver alegria temos a Julia Pinheiro e a outra senhora que nem sei como se chama – talvez Guilherme e outras porcarias nas 4 estações de TV – e até acho bem que digam mal pois de tanto se dizer o que se tem dito que alguém pode pensar que o mal é o “melhor que há “fatalisticamente” – e levem-me estes eis responsáveis por governações anteriores e agora deviam ter vergonha e esconderem-se mas vêm, ainda, comer “restos” – Tenho é pena que André Villas Boas que elevou o Porto aos píncaros do futebol mundial agora esteja com a porta aberta para ir para a rua e sai pela porta por uma nesga pequenina – mas com que humildade é preciso viver – os dois “gajos” estão na TV como os futebolista às caneladas e a falar ao mesmo tempo – não lhes vale de nada terem gravata de seda natural – só embrulhos de nada – patifes – coveiros e vampiros

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.