Ligue Já 760 10 20 30!


“(…) desde que o seu dealer tenha um terminal multibanco, pode comprar droga!
Já viu… se não é uma coisa maravilhosa?
Esses mil euros vão-lhe dar muito jeito, de certeza, ao fim do dia”.
É p’ra loucura…

Comments

  1. fatima says:

    Simplesmente ridículo…. o que uma pessoa tem de fazer para sobreviver nesta selva…..só falta fazer o pino.

  2. Maquiavel says:

    Num qualquer país decente este Rapazote ia para o olho da rua por justa causa e sem indemnizac,äo.
    No Tugal, ha ha ha.

    Compare-se com o que aconteceu por muitíssimo menos na Finlândia:
    http://www.lusofin.com/blog/?p=742

  3. Eu mesma says:

    Nunca fui c a cara deste indivíduo, mas agora… este canastrão deve estar mui bem protegido pela inefável cunha na érretêpê p dar uma argolada deste calibre e ainda continuar a brincar à arte de Talma. Nem com cinquenta anos a mais em cima o rapazelho Pêpê (que raio de nome!) chegará aos calcanhares de um Joaquim de Almeida. O que tem a dizer a RTP do comportamento deste indivíduo? “ai foi brincadeira”? Estavam crianças e idosos a ver. Onde anda o provedor dos telespectadores? Do que está a ERC à espera para abrir processo? Já não bastava a estação pública tentar impingir à força toda este canastrão como “actor sério” e agora isto? Depois da Sara Norte armada em vítima vem este. No assunto “drogas” cada um faz o q quer da sua vida mas acho q isto é demais. Espero q quando acabar a série Bem Vindos a Beirais, o ponham no olho da rua e não voltem a chamá-lo nem para figurante, quanto mais p “actor” ou “apresentador”. Este é da safra dos Rui Unas e João Manzarras da vida, armados em “irreverentes” e “artistas” mas q não passam de uns trogloditas com uma cunha de todo o tamanho pq talento nem de longe … Fora as oportunidades q se dão aos filhinhos de papá, às filhinhas de papá (sobretudo betinhas do Restelo q só comem fruta descascada pela empregada…) e ao esterco vindo desse esgoto chamado Casa dos Segredos, eles mais estúpidos q a estupidez e elas mais ordinárias q uma das mulheres de má vida da rua. Cá para mim este indivíduo tinha alguma “agenda escondida” (leia-se, intenções não declaradas) e esta graçola tola foi baseada nisso. Just saying.
    E pior está a sociedade tuga: se eu ousasse dizer em público o quão estou contra esta palhaçada, era alvo de um auto-de-fé por ser “conservadora”, por “não ter sentido de humor”, por ser demasiado exigente, etc. Pois, está bem.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.