O Suicídio

suicidio-pontes-portoA sociedade aprende o quê com isto?

Comments

  1. Navega says:

    Entre outras coisas podia reconhecer que a grande maioria dos suicidas são homens.
    Que é uma aberração o homem ser preso caso tivesse desistido do suicídio (o que infelizmente não aconteceu).
    Que já podiam ter colocado as grades na ponte há muito tempo.

    • Navega says:

      Preso ou acusado de crime, o que é uma aberração em todo o caso.


    • Podem ser colocadas quantas grades quiser… na melhor das hipóteses, retarda o acto.
      E há outras pontes no Porto, e muitas vistas para a falésia, e muitas linhas de comboio…

      • Navega says:

        Compreendo o seu ponto de vista, mas retardar o suicídio não é a melhor das hipotéses que pode resultar de se colocarem grades nessa ponte e eventualmente em outras que sejam problemáticas. As grades evitam uma forma bastante utilizada de suicídio e podem dar mais algum tempo de vida a quem está desesperado. E enquanto há vida pode voltar a esperança. De resto é uma medida que está a ser utilizada noutros paises.


  2. A “Dor da Alma” está a tornar-se um flagelo na nossa Sociedade…um problema de Saúde Pública em crescendo, infelizmente…
    in: http://pamarepe.wordpress.com/

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.