Gossip boy e os outros

marques mendes

O pequeno traste, o mais calhandreiro do exército de comentadores “a solo” do PSD, não desfazendo no Marcelo, outro emérito quadrilheiro de serviço – pois, a democracia assim é tão gira, tia Locas -, esmera-se, no seu estilo de leporídeo relutante, na(s) campanha(s) eleitorais da sua gente. É, talvez, o mais irritante. Mas tento não estar encadeado com a aparente diversidade deste laranjal televisivo. É que os que parecem ser opositores internos ao governo – pois, esses em que estão a pensar – nunca fizeram menção de se afastar do partido, ou, sequer, alterar organizadamente a sua situação e linha política, o que seria espectável pelo tipo de ataques que parecem protagonizar. O núcleo central do governo, ao contrário do que esperariam os ingénuos, mostra-se satisfeito com a situação. Compreende-se. Os comentadores laranjas “críticos” têm uma utilidade inestimável: embora destituídos de qualquer poder executivo no PSD, criam uma imagem de diversidade que, jamais tendo tradução política na prática do partido, atrai votos daquele indistinto espaço chamado “centro”. Por isso são preciosos. Dos Marques Mendes deste mundo, não se espera que ganhem votos, mas que alimentem a convicção dos já convertidos e forneçam conversa fiada para cafés de fim de tarde.

Comments

  1. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Caro José Gabriel:
    Vai uma aposta em como estes comentadores são reconduzidos quando o período rosa chegar?
    Esta gente, tal como o governo actual e os políticos que se perfilam, não têm coluna vertebral e os “minorcas”, “papagaios”, “ex-drogados” e C&A voltarão já a seguir para cantar as delícias da rosa.
    Muito mais grave que estes “assalariados” e a exaltação do verdadeiro fascismo a que se assiste, é o grupelho de politiqueiros sem rumo que por aqui anda e o que se perfila para ocupar o poder, incapazes de saber o que é um valor, daltónicos e sem qualquer preocupação com o País, que arrebanham a qualquer preço quem deles queira dizer umas “larachas porreiras”.
    E no fim os políticos e os comentadores do SNI, acabam por se vangloriar e dizer o que sempre dizem:
    A Democracia e a Liberdade funcionam…
    Esta corja que hoje ocupa o poleiro e a que virá a seguir demonstraram em quarenta anos que são rigorosamente iguais, diferindo apenas nas cores que ainda assim, nesses mesmos 40 anos, se aproximaram ao ponto de um deles (Assis de nome) dizer despudoradamente que o PS se deveria aliar com o PSD.

    • Carvalho says:

      PS e PSD não são bem iguais: um é Dupont com t e outro é Dupond com d.
      Direi mesmo mais: não são bem iguais mas são a mesma merda.

  2. Carvalho says:

    Este cagalhãozito anão não merece sequer que se desperdice um minuto a ouvir ou a analisar o que bolseia. Representa bem o tipo de gentinha repugnante que tem dado cabo deste país. Ignore-se.


  3. A esquerda foi papadinha por completo e nem deu conta. Perdeu as rádios, as TVs, os blogues… Enfim, tudo! Um gajo assim meio para o “teorias das conspiração” até poderia ser levado a pensar que os “direitas” modernos se reunem em caves sigilosas de clandestinidade estanque só para agilizarem estratégias subliminares de controlo do poder. Depois dei conta que não o fazem às escondidas. Tomam uns gins à beira Tejo e depois sai bomba concertada por todo o lado no dia seguinte, sendo em seguida propagada pela cachorrada do Facebook e os pseudo chic do Twitter… Bainwashing à maneira!… Não é?!… Entretanto a esquerda – em que em dado momento até despositei algumas esperanças de redenção (lol) deixou-se comer e já nem mexe os olhinhos… Patético… “No problemo”, o Passo vai lá ficar mais uns anos… A esquerda que temos já não é caviar. Agora é esquerda vaselina…

  4. Rui Silva says:

    Pior que este é a Manuela Ferreira Leite…
    Cumps

    RuiSlva


    • A Manuela Ferreira Leite mete este menino de coro a um canto, mas você nem entende o que lê com ironia, quanto mais perceber esta senhora!

      • Rui Silva says:

        Não sei o que é ler com ironia. Para mim isso não faz sentido. Quando muito existe “escrever com ironia”…

        cps
        RS

      • Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

        Se calhar cara Sara, mete mesmo este menino a um canto, mas isso é porque mente de uma forma que se digere melhor em certos meios. Recordo que essa senhora foi ministra das Finanças quando o actual presidente era primeiro ministro. Se consultar o despesismo da altura em construções megalómanas a par da destruição das actividades primárias como são a agricultura e pescas, percebemos logo que esta senhora tem uma “visão especial”. Nós é que somos cegos e ignorantes, embora se saiba que ainda há gente mais cega e ignorante… Basta consultar as intenções de voto.

  5. niko says:

    um conselho para aqueles que não sabem o que dizem. o futuro constrói-se com a sabedoria do passado recente .

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.