Feliz Natal

Aylan_Kurdi

Who do you love now?
Who do you love?
Who do you love, child?
I said, “Who, baby, who do you love?”

Night is dark, the sky was blue
Down the alley the ice wagon flew
Hit a bump, somebody screamed
Should’a heard just what I seen

Do you love him, babe?
Do you love her, yeah
Do you love me, babe?
Do you love it, yeah, yeah

The Doors, Who do you love, 1970.

Comments

  1. Fernanda says:

    “(…)We gathered in the lobby celebrating Chrismas Eve
    The French, the Poles, the Indians, Cubans and Vietnamese
    The tiny tree our host had fixed sweetened familiar psalms
    But the most sacred of Christmas prayers was shattered by the bombs (…)”

    “I’ve heard that the war is done
    Then where are you now, my son?”

    (Joan Baez- Where are you now, my son?)

  2. Rui Moringa says:

    Feliz Natal, com saúde e Paz.
    O português é uma língua muito poética, também.
    A morte de um Ser Humano é sempre uma tragédia singular e colectiva. a de uma criança, pelo facto de ser um Devir é maior ainda.
    Hoje, há crianças a morrer em circunstâncias semelhantes, devido à incúria e malvadez dos homens.
    O sentido do Natal é o Nascimento de Emanuel= Deus connosco. Sempre que o Ser Humano morre “estupidamente” não somos Emanuel, somos o mal.

  3. Who do you love now? says:

    Foi para o paraíso de Allah e agora tem 70 virgens…